MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Tribunal mandou Alla Ilyina de volta à quarentena após 11 dias barricada em casa 19 Fevereiro 2020

Na segunda-feira, 17, o tribunal mandou Alla Ilyina de volta à quarentena no hospital, de onde ela tinha fugido no dia 7 driblando o sistema eletrónico de vigilância. Na audiência ela disse em sua defesa que, após três testes negativos, o médico a tinha enganado, pois em vez das 24 horas internada ia ficar 14 dias hospitalizada em quarentena.

Tribunal mandou Alla Ilyina de volta à quarentena após 11 dias barricada em casa

O tribunal em São Petersburgo atendeu o pedido de internamento compulsório requerido pelo Rospotrebnadzor, entidade de Saúde Pública russa, e condenou Alla Ilyina a regressar à quarentena.

Contudo, a ’fugitiva’ só tem de cumprir os dois dias que faltam até ao dia 19. A residente na segunda maior cidade russa tinha procurado o hospital Botskinskaya no início deste mês, dias depois depois de regressar de umas curtas férias na estância turística da ilha de Hainan, China. Hospitalizada para observação, os sucessivos testes deram negativo: “Três testes!”, enfatiza Alla Ilyina desde que escapou da "jaula", como ela expressa nas redes sociais.

...
Fontes: BBC/AP/Relacionado: Covid-19: Quarentena compulsiva? Polícia na Rússia persegue Ilyina que fugiu de hospital, 17.fev.020. Foto: Detida em casa, na segunda-feira, 17, a cidadã de 32 anos foi levada para julgamento liminar e condenada a cumprir mais dois dias de quarentena — no hospital de onde fugiu.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement