DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Tragédia no futebol do Brasil: seis atletas de formação do Flamengo entre 10 mortos em incêndio – FCF enviou mensagem de pêsames 09 Fevereiro 2019

Têm entre 14 e 17 anos os seis atletas que morreram no incêndio que deflagrou às cinco da madrugada desta sexta no centro de treino do Flamengo, no Rio. Cinco deles já foram identificados: Christian Esmério, Pablo Henrique, Vitor Isaias, Arthur Vinicius e João Eduardo, anunciaram as autoridades.

Tragédia no futebol do Brasil: seis atletas de formação do Flamengo entre 10 mortos em incêndio – FCF enviou  mensagem de pêsames

Entre as dez vítimas mortais do incêndio — que, às cinco horas locais (mais uma hora em Cabo Verde), deflagrou no centro de treinos —, estão, além dos seis atletas (foto), quatro funcionários do clube.

"Deviam estar 25 a 30 jovens dormindo no local", disse João Pedro da Cruz, atleta de 16 anos da base do Flamengo que não estava no alojamento no momento do incêndio.

"Eu soube ontem (quinta) que não teria treino hoje e vim para a casa de um amigo meu na Barra. A maioria dos meninos ficou lá. Dos que me pediram para dormir, todos ficaram lá. Devia ter uns 25, 30 jogadores lá".

Feridos têm 14, 15 anos

Um dos três feridos conduzidos ao hospital mais próximo, Cauã, de 14 anos, é de Fortaleza e mora no Rio de Janeiro há três anos. Os outros dois feridos são Francisco e Jonathan, ambos de 15 anos.

Segundo as informações do Bom Dia Brasil, Jonathan está em situação mais crítica. Ele teve 40% do corpo queimado e vai ser transferido para um hospital especializado.

O centro de treinos, também conhecido por Ninho do Urubu, é utilizado pelo Flamengo como local de alojamento para os atletas mais jovens do clube. Nesta madrugada fatal, os primeiros sinais do incêndio começaram a aparecer por volta de 5h10, e o Corpo de Bombeiros acredita que as vítimas poderiam estar a dormir e as que morreram poderão nem ter acordado.


Cabo Verde: FCF enviou mensagem de condolências

A Federação Cabo-Verdiana de Futebol (FCF) lamenta esta tragédia que enlutou o mundo do futebol.

"A Federação Cabo-Verdiana de Futebol lamenta profundamente a tragédia que fez dez vítimas fatais no Centro de Treinos do Clube de Regatas do Flamengo na madrugada desta sexta-feira", lê-se na nota publicada na página oficial de Facebook.

"A FCF solidariza-se com os familiares e amigos das vítimas, bem como com o Flamengo e a Confederação Brasileira de Futebol".

"É óbvio que a culpa é da direção do Flamengo", diz comentador desportivo

O comentador desportivo Carlos Andreazza não tem dúvidas em apontar o dedo ao clube que acolheu os jovens atletas em condições precárias, como pode conferir no vídeo na internet.

Fontes: g1/France Football/Referidas. Foto: O goleiro Christian Esmério, de 15 anos (3º, de camisola verde), era uma grande promessa do Flamengo. O clube do Rio formou grandes nomes do futebol mundial como Ronaldinho, Romário, Bebeto.

Os artigos mais recentes

25 Apr. 2019
RADAR
Favelas para todos?

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project