INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

“Tragédia evitável” no Paquistão: Morte de 74 passageiros, a maioria por saltar de comboio em chamas 03 Novembro 2019

O incêndio na linha Karachi-Rawalpindi, na quinta-feira, 31, causado por duas botijas de gás, cujo transporte na rede ferroviária é proibido, era "evitável" como destacou o ministro paquistanês dos Direitos Humanos. Mais uma tragédia causada por falhas em fiscalizar se leis existentes são aplicadas.

“Tragédia evitável” no Paquistão: Morte de 74  passageiros, a maioria por saltar de comboio em chamas

O maior número de mortos, quase meia centena, encontra-se entre os passageiros que saltaram do comboio em alta velocidade, informou o ministro dos Transportes, o xeque Rashid Ahmed à televisão local Geo.

O primeiro-ministro, Imran Khan, falou no mesmo dia para pedir uma investigação célere ao acidente ferroviário que se deu a meio do percurso de 1 426 km entre as duas cidades, Karachi a sudoeste e Rawalpindi a nordeste do Paquistão.

Informações disponíveis online indicam que o fogão – em que passageiros preparavam a 1ª refeição do dia — explodiu ateando o incêndio que de imediato se propagou a duas carruagens vizinhas.

Entre a meia centena de pessoas atingidas pelo fogo trinta foram hospitalizadas, doze delas com graves queimaduras, segundo informou o emir Taimur Khan, chefe da polícia de Rahim Yar Khan, a cidade mais próxima do local do acidente.

Fontes: Geo News/ BBC/Times of India. Fotos: Passageiros sobreviventes fotografaram o pico do incêndio e o rescaldo após intervenção de bombeiros.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project