REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Táxi português faz 2.000.000 km em 15 anos 16 Abril 2018

O que torna especial o Mercedes que é táxi (foto), mais do que a sua resistência, é o curto tempo que levou a bater o recorde. Nunca antes um táxi conseguira tal proeza: dois milhões de quilómetros percorridos entre abril de 2003, data do registo, e este 12 de abril, que assinala os seus quinze anos.

Táxi português faz 2.000.000 km em 15 anos

O Mercedes modelo Classe E220 CDI "é uma autêntica ‘ferramenta de trabalho’ para um taxista", refere a Motor, revista portuguesa de automóveis. E, segundo a mesma fonte, confirma-se a exemplaridade da marca alemã com este carro que atinge “um número de quilómetros impressionante”.

O taxista português Manuel Costa e Silva (na foto) contou à revista especializada Motor que em quinze anos só "deu a volta ao contador do seu Classe E220 CDI duas vezes". Nunca teve de fazer quaisquer alterações na transmissão e no diferencial e se teve de mudar o motor ao milhão e meio de quilómetros, isso "não retira qualquer mérito à durabilidade do automóvel", segundo esta fonte especializada.

Outras proezas relatadas com o táxi da prestigiada marca alemã: uma viagem até Barcelona, ido da cidade da sua residência, Vila do Conde, a 36 quilómetros do Porto. Percorreu, conta o taxista, 1170 km durante 50 horas ininterruptas. Ou seja, a incrível marca que é manter durante 50 horas o motor a trabalhar sem parar!

Vida média: inferior a 133 mil quilómetros por ano

Os mais de cem e trinta mil quilómetros por ano deste táxi ultrapassa mesmo a quilometragem total de um automóvel mediano, isto durante toda a sua ’vida’, como se constata ao comparar publicações automóveis.

Como sabem os que trocam de carro com frequência — a qual é em média de seis anos no mundo desenvolvido —, um dos argumentos principais é que o carro deprecia logo no primeiro ano 20%.

Entre os fatores de depreciação está a quilometragem. Mas também os incumprimentos do manual de instruções da marca. A comprová-lo, a fabricante automóvel Honda deu um contra-exemplo.

O comprador dum Honda modelo Accord em 1990 atingiu em fins de 2017 o milhão de milhas, 1,8 milhão de km. A empresa automóvel constatou o óptimo estado do veículo e decidiu premiar o previdente cliente que seguiu linha a linha "o livro".

A empresa ofereceu-lhe(custo-zero) nada mais nada menos que um novo modelo Honda zero-km.

Fontes: Além das referidas, publicações e sites de algumas marcas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project