POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

TACV São Vicente: Deputados do PAICV “juntam voz” a dos empresários da ilha e criticam “postura de silêncio” de Augusto Neves 07 Mar�o 2018

Os deputados eleitos nas listas do PAICV (oposição) em São Vicente decidiram hoje,07, “juntar a sua voz” a dos empresários da ilha, que pedem “solução para o transporte aéreo”, e criticaram a “postura de silêncio” de Augusto Neves.

TACV São Vicente: Deputados do PAICV “juntam voz” a dos empresários da ilha e criticam “postura de silêncio” de Augusto Neves

Segundo o porta-voz, João do Carmo Brito, em conferência de imprensa hoje, no Mindelo, cabe ao Governo arranjar a solução para o transporte de mercadorias via aérea, nomeadamente de produtos da pesca frescos e para as indústrias que funcionam em série, interrompidas com o encerramento da delegação da TACV em São Vicente.

“Necessitam que seja retomado o voo semanal da TACV para São Vicente, por isso pedimos ao Governo para arranjar uma solução muito rápida para este problema, pois a continuar assim São Vicente não será mais uma ilha atractiva para pequenas industrias”, declarou o deputado citado pelo Inforpress.

Segundo da mesma fonte, João do Carmo Brito aproveitou para chamar à colação o poder local sanvicentino, na pessoa do presidente da câmara, Augusto Neves, a quem pediu também para “juntar a voz” às da oposição e dos empresários.

“Se compararmos a postura do presidente da câmara há pouco mais de três anos, em que estava diariamente a reivindicar e a criticar o governo da altura, hoje sentimos que o presidente tem tido uma postura de silêncio para com muitos problemas que afectam a ilha de São Vicente”, concretizou o deputado.

Ainda sobre os TACV, o deputado, prossegue a agencia cabo-verdiana de noticias, deu conta de um encontro mantido, no âmbito da visita, com os trabalhadores da empresa em São Vicente, cuja delegação foi encerrada no dia 01, em que estes reclamaram da “falta total de informação” da parte da administração da empresa.

“Há alguma expectativa por parte desses trabalhadores, muita preocupação em relação ao futuro e uma empresa que não tem sabido lidar com responsabilidade, tratando-se de trabalhadores com muitos anos de serviço”, concretizou o parlamentar.

Por outro lado, da visita efectuada à aldeia piscatória de São Pedro, João do Carmo Brito disse ter trazido um recado dos pescadores ao Governo, em jeito de pergunta, com relação ao “não cumprimento de uma grande promessa do MpD” , aquando das campanhas eleitorais, sobre a isenção da licença de pesca para os botes.

“Até agora, dizem os pescadores, eles têm pago a licença e esperam que o Governo cumpra mais esta promessa”, concluiu, segundo a Inforpress, o deputado eleito nas listas do PAICV pelo círculo eleitoral de São Vicente

No próximo fim-de-semana, os deputados do PAICV estarão em contactos com o eleitorado da zona da Ribeirinha, avança a fonte que vimos citando.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project