ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Caso da Não Justiça: Sokols 2017 convoca concentração frente ao Tribunal de São Vicente e denuncia que a detenção de Amadeu Oliveira foi um alegado ato de abuso de poder 21 Fevereiro 2021

Com a sessão de julgamento marcada para esta segunda-feira de manhã na Praia, o Movimento cívico Sokols 2017 reage à detenção do advogado Amadeu Oliveira, denunciado que foi um alegado ato de abuso de poder, quando não se tem dado atenção a outros vários casos graves. Em protesto à esta situação, o movimento liderado por Salvador Mascarenhas tem agendado, para esta segunda-feira, 22, às 15 horas, uma concentração pacífica frente do Palácio da Justiça, em São São Vicente - quer que aconteça o mesmo em todas as ilhas de Cabo Verde. Segundo aquele ativista social, a jornada cívica desta segunda-feira visa solidarizar-se com Amadeu Oliveira e clamar por uma «melhor justiça em Cabo Verde».

Caso da Não Justiça:  Sokols 2017 convoca concentração frente ao Tribunal de São Vicente e denuncia  que a detenção de Amadeu Oliveira foi um alegado ato de abuso de poder

Em declarações ao Asemanaonline, o presidente do Sokols 2017 avança que não se entende o porquê da detenção de Amadeu Oliveira antes do julgamento se o mesmo declarou que vai estar presente na sessão que arranca esta segunda-feira, na Praia. “Antes disso deveriam investigar as denúncias que ele mesmo fez. A sua detenção foi um ato abusivo”, salienta Salvador Mascarenhas, apontando que a concentração é uma forma de “manifestar a nossa solidariedade para com Amadeu e para uma melhor justiça em Cabo Verde”.

O ativista social faz questão de lembrar que «é de conhecimento de todos que a justiça não está bem», e que os “sucessivos governos” nada têm feito para resolver os problemas diagnosticados.

Segundo ele, no início, a ideia do Sokols 2017 era fazer uma concentração só com 10 elementos do movimento devido à pandemia de covid-19, mas, explica, houve várias pessoas a pedirem para aderir à concentração desta segunda-feira.

Para Salvador Mascarenhas, é óbvio que se não espera uma grande adesão de pessoas, mas é um apelo nacional para se concentrarem em frente a todos os tribunais de Cabo Verde. “Vamos presencialmente, demostrar o nosso desagrado e indignação perante o Estado de Cabo Verde, perante a falta de justiça e a essa detenção arbitrária do advogado Amadeu Oliveira».

O presidente de Sokols 20017 aconselha as pessoas a levarem máscara e álcool gel. Garante que vai ser uma demostração pacífica, de mais ou menos uma hora.

É de recordar que o advogado Amadeu Oliveira foi detido na tarde desta sábado,19, à porta da sua residência em Achada de Santo António, na Cidade da Praia, pela Polícia Nacional e até ao final da noite se encontrava nas instalações da Direção Central de Investigação Criminal da Polícia Nacional. Oliveira é acusado por 14 crimes e o seu julgamento começa esta segunda-feira, no período de manhã, na Capital de Cabo Verde. Foto principal: Arquivo ( com o falecido advogado Veira Lopes e a Deputada Mircea Delgado, outros criticos da Justiça)

AC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project