CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: Final de ano no Mindelo com menos opções de festas 30 Dezembro 2018

O fim-de-ano, no Mindelo, apresenta-se agora em 2018 com menos opções de festas para os sanvicentinos, que deverão, maioritariamente, fazer o réveillon na Rua de Lisboa, que apresenta como cartaz os artistas Djodje, Denis Graça e Dudu Araújo.

São Vicente: Final de ano no Mindelo com menos opções de festas

Entre as possibilidades que se vislumbram neste ano e entre os mais falados está a habitual festa do grupo Walt Fest, que normalmente acontece no Pont d´Ága, mas que devido a obras neste espaço, vai ser realizado no Hotel Porto Grande.

Este “pequeno contratempo” que, conforme Francisco Santos da organização, não afectou o interesse pelo baile.

“Temos tanta procura, que estamos a fazer alguma limitação e permitir somente a entrada de pessoas com convite”, assinalou este anfitrião, que adiantou um número de cerca de 800 convidados que deverão festejar durante o dia 31 e também a 01 de Janeiro, dia de “sambrás”.

Esta oferta do Walt Fest fica pelo preço de 4.500 escudos individual e faz-se acompanhar de uma “ementa de requinte”, desde cascata de camarão, perú recheado, carpaccio de polvo e serra e outros pratos mais e sobremesas, acompanhados de bebidas diversas.

Entretanto, no dia 01, para “despertar”, serve-se um cuscuz com café, que, segundo a mesma fonte, vai ser acompanhado pela música de “recordai” dos “Amigos da banda” por volta das 07:30.

Já um pouco mais afastado da cidade, no Norte de Baía, o Álvaro da Cruz, mais conhecido por Vave, e os seus amigos fazem uma oferta “completamente diferente”, que promete uma passagem de ano à beira-mar e com “alto astral”.

“Esta festa é em homenagem a um amigo nosso que infelizmente já faleceu e sempre quis que fizéssemos um réveillon na praia e então, este ano estamos a experimentar”, explicou Vave, que adiantou ser um baile de amigos que sempre fazem caminhadas durante o ano e ainda limpezas em praias, como no Norte de Baía.

Então, no baile “Caminhada d´Vave” previsto, segundo a mesma fonte, para cerca de 550 pessoas e com um menu também “bem refinado” e bar aberto, sai pelo preço de 4000 escudos por pessoa e durante dois dias, 31 de Dezembro e 05 de Janeiro.

“Decidimos deixar o ‘sambrás’ para final de semana, porque no dia 01 todos estão cansados, e no sábado a festa começa logo pelas 17:00”, salientou, antecipando um cenário de 11 cónicas com carpetes e “boa música”.

Estas possibilidades que também juntam-se à festas realizadas por grupos nos bairros periféricos da cidade e ao espectáculo de Rua de Lisboa, organizado pela câmara municipal, que deverá ser o mais requisitado.

Entre os atactivos deste baile de fim-de-ano está o facto de já estarem confirmadas as presenças dos artistas Djodje, Denis Graça e Dudu Araújo, que deverão fazer as “delícias” de cerca de quatro mil pessoas previstas pela edilidade.

O baile deve começar logo após o fogo-de-artifício, marcado para a meia-noite de segunda-feira, 31, na Avenida Marginal, outro dos itens marcantes das festividades de passagem de ano em São Vicente.

Este ano, ao contrário do que é habitual não haverá festas nos hotéis e nas residenciais, mas que, ainda assim, e conforme contactos feitos pela Inforpress, se encontram com lotação por estes dias a cem por cento ou próximo deste.

Segundo informações, a maioria dos hóspedes são estrangeiros, mas também emigrantes que vieram apreciar os atractivos do final de ano no Mindelo, marcado pelo “pite na baía, foguete na rua” (apito na baía e foguete na rua, em português). A Semana/Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project