POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Vicente: Líder regional do PAICV pede ao presidente substituto da câmara para suspender funções e vai solicitar intervenção da CNE 21 Setembro 2020

Está instalada mais uma polémica no Mindelo com o presidente da Comissão Política do PAICV, Alcides Graça, a exigir, nesta segunda-feira, 21, que o presidente substituto ( Rodrigo Rendall) da câmara de São Vicente, “que é também candidato a vereador nas próximas eleições”, deveria suspender funções. Por isso, a candidatura de Albertino Graça vai pedir a intervenção da Comissão Nacional das Eleições (CNE) neste sentido.

São Vicente: Líder regional do PAICV  pede ao presidente substituto da câmara para suspender funções e vai solicitar intervenção da CNE

O caso do substituto do Edil Augusto Neves, que também é vereador concorrente às eleições de 25 de Outubro, está a provocar inquietações entre os demais partidos concorrentes à Câmara local. Para a candidatura de Albertino Graça, mesmo suscitando interpretação duvidosa na lei, tal prática não deve fazer escola em Cabo Verde, já que, eticamente, não faz sentido um vereador ser concorrente às autárquicas e substituir ao mesmo tempo o presidente com mandato suspenso - fica sem condições de exercer com imparcialidade tal cargo.

Diante desta situação que só favorece ao MpD no poder local, o Presidente da Comissão Política Regional do PAICV anuncia que o seu partido vai, mais uma vez, pedir a intervenção da Comissão Nacional de Eleições neste sentido.

Para Alcides Graça, em conferência de impressa, no Mindelo, Rodrigo Rendall está a acumular, “convenientemente”, o estatuto de vereador, substituto do presidente, e o estatuto de candidato.

“Ninguém sabe se ele recebe os munícipes na qualidade de presidente substituto ou na qualidade de candidato às próximas eleições autárquicas”, concretizou o político, para quem se trata de um caso de “promiscuidade política, uma imoralidade política”.

“Quem procede e tua conscientemente desta forma, tirando proveito político da sua condição de presidente substituto”, continuou a mesma fonte, “não tem moral para falar de ninguém”, acusou.

Ainda, de acordo com a inforpress, Graça aconselha Rendal a fazer uma análise do seu comportamento “vergonhoso e eticamente reprovável” antes de apontar o dedo aos outros, numa alusão à conferência de imprensa do presidente substituto em resposta a anteriores declarações do responsável local do PAICV.

Aliás, na conferência de imprensa de hoje, Alcides Graça aproveitou para “reconfirmar” tudo o que disse anteriormente, ou seja, que a câmara de São Vicente “vem atribuindo lotes de terreno nas encostas, nas ribeiras, sem qualquer planificação urbanística”.

A lei estipula que os presidentes das câmaras em exercício de funções e que vão concorrer à sua própria sucessão têm de suspender as funções, imediatamente após a apresentação formal da respectiva candidatura.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project