AMBIENTE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Nicolau: Proteção Civil celebra Dia Internacional da Redução do Risco de Desastre com várias atividades 12 Outubro 2019

Enquadrada nas comemorações do “Dia Internacional da Redução do Risco de Desastres”, que se assinala a 13 de Outubro, o Serviço Nacional da Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB), em parceria com o PNUD, a Câmara Municipal de Ribeira Brava de São Nicolau, Cooperação Luxemburguesa e demais parceiros institucionais e sociais, realiza, este sábado, 12, no Largo da Câmara Municipal de Ribeira, um conjunto de atividades de sensibilização e de educação para a cidadania.

São Nicolau: Proteção Civil celebra Dia Internacional da Redução do Risco de Desastre com várias atividades

Como forma de sensibilizar as pessoas para a redução do risco de desastres ocorridos, um pouco por todas as ilhas de Cabo Verde, o Serviço Nacional da Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB) organiza uma série de atividades para de sensibilizar e educar para a cidadania, no Município de Ribeira brava de São Nicolau, por ocasião da comemoração do “Dia Internacional da Redução do Risco de Desastres”, assinalado anualmente, a 13 de Outubro. Uma data que foi criada em 1989, pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o intuito de alertar as nações para a necessidade de adoção de políticas protetivas, relativamente aos desastres naturais.

Segundo as auaotridades nacionais do sector, Cabo Verde apresenta uma alta vulnerabilidade perante risco de desastres devido a sua condição arquipelágica, condições geofísicas, situação geográfica e pelo modelo de desenvolvimento territorial que possui. Daí que o SNPCB preocupa-se em integrar diferentes parceiros e cidadãos para a prevenção de desastres e fortalecer a cultura da gestão de risco no país.

Para as mesmas fontes, eventos crónicos no passado, como cheias, secas, erupções vulcânicas e outros, vieram demonstrar a necessidade de agir na mitigação dos fatores subjacentes ao risco, na diminuição da exposição e na adoção de medidas de preparação, resposta e recuperação pós-desastre.

Ciente de que a prevenção e a redução dos riscos de desastres constituam um fator fundamental para a construção de cidades e comunidades resilientes, o Governo de Cabo Verde aprovou, em 2017, em sede do Conselho de Ministros, a Estratégia Nacional para a Redução de Riscos de Desastres, bem como o Quadro Nacional para a Recuperação Pós-desastre (QRD). Além disso, foi feito um estudo sobre a Avaliação Detalhada de Riscos Urbanos (DURA- Sigla em inglês), que teve como piloto três concelhos (Praia-Santiago, Mosteiros-Fogo e Ribeira Brava-São Nicolau), constituindo ferramentas essenciais para a gestão dos riscos de desastre e promoção da resiliência em Cabo Verde. CL

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project