SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

São Filipe: Funcionários do Hospital São Francisco de Assis revoltados com três meses de atraso no pagamento de “velas” 09 Mar�o 2019

Mais de duas dezenas de funcionários do Hospital São Francisco de Assis em São Filipe estão revoltados por estarem com pelo menos três meses de atraso no pagamento dos serviços de velas ( horas extras), que chegam a atingir os 10 mil escudos mensais. Denunciam tratar-se de uma situação que se arrasta desde o mês de Janeiro deste ano e que prejudica aqueles que mais dependem destas prestações de serviços ao referido hospital para honrarem alguns compromissos assumidos com terceiros.

São Filipe: Funcionários do Hospital São Francisco de Assis revoltados com três meses de atraso no pagamento de “velas”

De acordo com o porta-voz dos lesados ouvido por Asemanaonline, já lá vão cerca de três meses que estão sem receberem seus subsídios de velas. Crítica a mesma fonte não compreender o motivo deste atraso por parte do Ministério de Saúde e Segurança Social.

“ Esta situação acontece sistematicamente e quando expomos o problema ao administrador do Hospital, este nos mostra que tudo depende dos serviços centrais do Ministério da Saúde, fazendo de nós uma bola de ping-pong », manifesta, sublinhando que desde o mês de Janeiro não receberam este subsídio, tendo como consequência, a "criação e aumento de dívidas e compromissos assumidos com terceiros.

Perante esta inquietação e conforme o representante e porta-voz dos trabalhadores, que na sua maioria, é auxiliar, a situação é insustentável e afirma que não é a primeira vez que isso acontece e, por isso, exigem do Ministério da Saúde a regularização no pagamento do subsídio de velas, o mais breve possível, sob pena de partirem para outra forma de luta para a defesa dos seus direitos, com destaque para manifestações de rua e greve.

Entretanto, este diário tentou contactar, por várias vezes, a Administração do Hospital Regional Fogo/Brava para pronunciar sobre a situação em causa, mas tal foi impossível. Contudo, promete retomar essa matéria, caso algum representante do referido estabelecimento de saúde queira reagir sobre as reivindicações destes funcionários de saúde da Cidade dos sobrados.

CL

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project