INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Reino (des)Unido: Inglaterra faz lista de países isentos, não-isentos quarentenam — Escócia e Gales opõem-se 05 Julho 2020

"É uma decisão sem pés nem cabeça", reagiram não só a primeira-ministra da Escócia mas também o primeiro-ministro do País de Gales à lista anunciada, na manhã de sexta-feira, por Boris Johnson que obriga a maior parte dos viajantes a quarentenar no regresso ao Reino Unido. A divergência entre as quatro nações respeita quer aos 59 países sem restrições, quer ao grupo de países com obrigação de quarentena, entre os quais a Suécia e Portugal.

Reino (des)Unido: Inglaterra faz lista de países isentos, não-isentos quarentenam — Escócia e Gales opõem-se

A partir de 10 deste mês deixa de haver restrições para viagens a 59 países, entre os quais se encontram alguns dos destinos turísticos preferidos dos britânicos como a Grécia, Espanha, França, Bélgica.

As viagens sem quarenena aplicam-se também a 14 territórios sob administração britânica.

Numa comunicação televisiva ao país, Boris Johnson explicou: "Em vez de pôr de quarentena passageiros que chegam do mundo inteiro, só vamos pôr de quarentena os que chegam de países que infelizmente ainda não têm o vírus sob controlo".

Excluídos da lista dos isentos, mais de uma centena de países entre os quais a China, Estados Unidos, Suécia e Portugal mas também o Canadá, Rússia, todos os países da América Central e do Sul e de África são obrigados a fazer quarentena.

Reciprocidade?

A Nova Zelândia está na lista dos isentos. Mas o governo de Jacinda Ardern inclui o Reino Unido entre a longa lista de países obrigados a uma quarentena de catorze dias.

Portugal não, mas Açores e Madeira sim

Portugal — exceto os arquipélagos dos Açores e Madeira — está na lista dos obrigados a quarentena, o que suscitou imediata reação de desagrado do governo de António Costa.

O ministro Augusto Santos Silva disse à BBC Radio 4: "Estamos muito dececionados com a decisão das autoridades britânicas, que consideramos sem sentido e injusta".

"É absurdo dado que o Reino Unido tem sete vezes mais casos de Covid-19 que Portugal. Por isso estranhamos esta maneira de tratar países aliados e amigos".

Isentos de quarentena

Alemanha, Andorra, Antígua e Barbuda, Aruba, Austrália, Áustria, Baamas, Barbados, Bélgica, Bonaire, Coreia do Sul, Croácia, Curaçao, Chipre, Dinamarca, Fidji, Finlândia, França, Granada, Grécia, Gronelândia, Guadalupe, Hong Kong, Hungria, Ilhas Faroe, Islândia, Itália, Jamaica, Japão, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Macau, Malta, Maurícia, Mónaco, Noruega, Nova Caledonia, Nova Zelândia, Países-Baixos, Polinésia Francesa, Polónia, República Checa, República Dominicana, Reunião, San Marino, Seychelles, Sérvia, Sint Eustatius e Saba, St Barthélemy, St Kitts and Nevis, St Lucia, St Pierre and Miquelon, Sint Eustatius e Saba, Suíça, Taiwan, Trinidad e Tobago, Turquia, Vaticano, Vietname.

Cabo Verde entre os mais de 100 destinos obrigados a quarentena

Conforme as mesmas fontes, Cabo Verde parte da lista de entre os mais de 100 destinos, obrigados a quarentena.

Recorde-se que em Cabo Verde o primeiro registo de doentes e óbito pelo novo coronavírus, em março, diz respeito a dois turistas britânicos.

Fontes: BBC/Arquivo. Foto (Getty): Heathrow, o principal aeroporto do Reino Unido. LS

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project