REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Caso de infanticídio em Portugal: Presidente Marcelo pede "compreensão" para com mãe (cabo-verdiana) que deixou o bebé no lixo 11 Novembro 2019

O Presidente da República de Portugal esteve, este domingo, na celebração da canonização do antigo bispo de Braga, Frei Bartolomeu dos Mártires. Marcelo aproveitou a ocasião para pedir "compreensão" para com a mãe, natural de Cabo Verde, que deixou o bebé no lixo.

Caso de infanticídio em Portugal: Presidente Marcelo pede

Segundo NM, Marcelo Rebelo de Sousa pediu "compreensão humana" para com a situação em que se encontra a jovem, de 22 anos, de origem cabo-verdiana, que deixou o seu filho recém-nascido num ecoponto perto da discoteca Lux, em Lisboa, na passada terça-feira.

"É importante que se tenha a noção e a compreensão humana para o ambiente que rodeou aquele gesto [da mãe] e é bom que aquela criança, quando um dia crescer, não fique com a ideia de que a sua mãe fez aquilo se não por uma razão muito forte que tem a ver com as condições dramáticas de vida social em que teve de tomar aquela decisão", disse o chefe de Estado, em declarações às televisões, à margem da cerimónia de canonização do antigo bispo de Braga, Frei Bartolomeu dos Mártires.

Sobre o caso, o Presidente da República agradeceu ainda "a posição das autoridades cabo-verdianas que se juntam a Portugal na preocupação de encontrar uma forma de defender uma pessoa que, em desespero, total fez o que fez".

É de recordar que a mãe do bebé (natural do Tarrafal de Santiago de Cabo Verde que foi estudar e não teve apoio de familiares em Portugal) já foi ouvida no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, tendo sido decretada a medida de coação de prisão preventiva. A arguida cabo-verdiana está indiciada da prática de homicídio qualificado na forma tentada. A embaixada de Cabo Verde em Portugal já reagiu ao caso e anunciou que vai “recolher mais informações” e prestar todo o apoio necessário à jovem.

PR condecora o sem-abrigo que salvou o bebé

“Em face da notícia tornada pública dando conta de uma jovem cabo-verdiana de 22 anos que terá abandonado o seu filho recém-nascido num contentor de lixo, a Embaixada de Cabo Verde em Portugal comunica que está a fazer diligências no sentido de recolher mais e melhores informações sobre o caso e prestar todo o apoio que se mostrar necessário”, comunicou, segundo NM, o organismo numa nota divulgada nas redes sociais.

O Presidente da República foi conhecer pessoalmente, na passada quinta-feira, o sem-abrigo que retirou o recém-nascido de um caixote do lixo. Marcelo Rebelo de Sousa agradeceu ao homem, de 44 anos, e considerou a sua ação heróica. "Foi um gesto, mais do que cívico, humano", disse sobre a ação do referido sem-abrigo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project