ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Preços de combustíveis mais caros em Cabo Verde 02 Agosto 2021

Os preços dos combustíveis ficam mais caros a partir deste domingo, de acordo com o comunicado mensal emitido pela ARME que actualiza os preços máximos a vigorarem até 31 de Agosto. A subida mais expressiva aconteceu no gás butano ( 7,39%), combustível mais usada pelos cabo-verdianos, incluindo familiais mais pobres, na confecção de refeições nos lares.

Preços de combustíveis mais caros em Cabo Verde

Em comunicado, a Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) anuncia que os preços médios dos combustíveis nos mercados internacionais, cotados em USD/ton, mantiveram a tendência de subida durante o mês de Julho (5,54%), relativamente ao mês de Junho.

Por isso, salienta que, de acordo com a nova tabela, um litro de gasóleo normal passa a ser vendido a 100,90 escudos, a gasolina por 132,60 escudos/litro, o petróleo a 84,30 escudos/litro, o gasóleo para electricidade a 85,70 escudos/litro e o gasóleo marinha a 72,50 escudos litro. Já o fuel 380 custará 80,40 escudos/litro e o fuel 180 fica por 83,40 escudos/litro.

Conforme a mesma fonte,, o gás butano conheceu um maior aumento e passa a ser vendido a granel por 143,80 escudos a quilo, sendo que as garrafas de três quilos passam a custar 410 escudos, as de seis quilos vendidas a 863 escudos, as garrafas 12,5 quilos a 1.797 escudos e as de 55 quilos a 7.907 escudos.

«De acordo com os dados publicados no Platts European Marketscan e LP GasWire, os preços médios dos combustíveis nos mercados internacionais, cotados em USD/ton, mantiveram a tendência de subida durante o mês de julho (5,54%), relativamente ao mês de junho. Assim, no mercado interno, os preços do Gasóleo Normal, Gasóleo Eletricidade e Gasóleo Marinha aumentaram 1,10%, 1,30% e 1,26%, respetivamente. A Gasolina e o Petróleo subiram 3,35% e 1,44%, respetivamente. Os preços do Fuelóleo 180 e Fuelóleo 380 aumentaram 1,09% e 1,01%, respetivamente. O Butano registou aumento de 7,39%. Isto corresponde a um acréscimo médio dos preços dos combustíveis de 2,24%», precista o comunicado da agência reguladora para o sector económico.

A ARME informou, por outro lado, que comparativamente ao período homólogo, a variação média dos preços dos combustíveis corresponde a um aumento de 34,4% e, relativamente à variação média ao longo do ano em curso, ela corresponde a um acréscimo de 11%.

Conforme a nota referida, a evolução dos preços dos produtos petrolíferos no mercado internacional, aliada à depreciação do euro face ao dólar americano, convergiram para a subida dos preços dos combustíveis no mercado nacional.

A nova tabela atualiza os preços máximos dos combustíveis, que devem vigorar a partir deste domingo, 1 de agosto de 2021, ao abrigo do disposto na legislação em vigor e no Decreto-lei n.º 19/2009 de 22 de julho. O mesmo define os princípios orientadores e a fórmula de cálculo dos preços máximos de venda ao consumidor final (ver tabela anexo na roda pé desta peça).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project