CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Praia: FECAD lança projecto Turismo Acessível e Inclusivo 21 Janeiro 2018

Com o lema “Morabeza brilha, mas com turismo inclusivo, a Federação Cabo-verdiana de Associações de Pessoas com Deficiência (FECAD) faz o lançamento público do projecto “Turismo acessível e Inclusivo esta segunda-feira, 22, na Cidade da Praia. O objectivo é garantir e proporcionar os deficientes, idosos nacionais e estrangeiros a uma maior inclusão social.

Praia: FECAD lança projecto Turismo Acessível e Inclusivo

A cerimónia de lançamento deste projecto será presidida pela Embaixadora da União Europeia (UE) em Cabo Verde, Sofia Moreira de Sousa. O evento acontecem actuações de dança e música com os grupos “Mon na Roda” e a Banda Musical da Associação dos Deficientes Visuais de Cabo Verde (ADEVIC).

De acordo com o comunicado divulgado pela FECAD, o projecto “Acesso à Cultura em Cabo Verde e Desenvolvimento Turístico e de Representação das Pessoas com Deficiência” (ACCEDERE), tem por finalidade tornar acessível o património cultural do arquipélago às pessoas com deficiência, aos idosos nacionais e estrangeiros, promovendo o Turismo Acessível e Inclusivo (TAI) com impacto a nível nacional.

Com a duração de três anos e que expira em 2020, pretende-se, ao longo da sua vigência, despertar os mais de três mil membros das associações filiadas na FECAD e os 20 mil cabo-verdianos com necessidades especiais para o turismo acessível e inclusivo e não só. A organização quer ainda alertar os decisores cabo-verdianos, os técnicos e operadores turísticos sobre a importância económica que o TAI desempenha ao nível do turismo mundial.

Orçado em 43, 4 milhões de escudos, o projecto conta com o financiamento da União Europeia no valor de 39 milhões de escudos, tendo a FECAD comparticipado com os restantes quatro milhões de escudos.

A nossa fonte adianta que a ACCEDERE, com o auxílio de técnicos portugueses, vai analisar as condições de acessibilidade na Praça Alexandre Albuquerque, no centro histórico da capital cabo-verdiana, e na localidade de Chã das Caldeiras, ilha do Fogo, agindo em consonância com as conclusões dos peritos.

“Depois do lançamento do projecto, terão lugar duas acções de formação para 40 dirigentes e quadros da FECAD e seus associados em matéria de “advocacy e Lobbiyng”, sendo a primeira que decorre de 23 a 26 deste mês e a segunda de 29 de Janeiro a 02 de Fevereiro do ano em curso”, informa o documento.

Celso Lobo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project