POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Porto Novo: Conselho do Setor nomeia Elisa Pinheiro como candidata do PAICV à Câmara nas autárquicas de 2020 10 Maio 2018

A líder do PAICV no Porto Novo, arquitecta Elisa Pinheiro, aceitou o repto lançado pelos colegas para ser candidata à presidência da Câmara desse concelho de Santo Antão nas autárquicas de 2020. A decisão da sua nomeação foi tomada, por unanimidade dos membros, na reunião do Conselho do Setor do partido que decorreu no último fim-de-semana.

Porto Novo: Conselho do Setor nomeia Elisa Pinheiro como candidata do PAICV à Câmara nas autárquicas de 2020

Segundo alguns participantes ouvidos por este jornal, «sem hesitação, vários membros do Conselho do Setor, pronunciaram-se, solicitando a arquitecta Elisa Pinheiro que se posicionasse, tendo em consideração, conforme eles, o excelente trabalho que vem fazendo à frente do Partido no Setor e particularmente a grande aceitação que tem junto dos Portonovenses».

Face ao pedido generalizado dos conselheiros, acompanhado de fortes manifestações de apoio, a Primeira Secretária do Sector aceitou o desafio. «A decisão foi saudada de pé, com aplausos, por todos os presentes na sala da reunião», asseverou um dos dirigentes presentes.

Ouvida por este jornal, Elisa Pinheiro confirmou a informação, garantindo a sua disponibilidade em ser candidata do PAICV à Câmara Municipal do Porto Novo nas próximas eleições autárquicas de 2020 como adversária do actual Edil Aníbal Fonseca do MpD.

A jovem dirigente tambarina diz agradecer a confiança nela depositada pelos membros do Conselho do Setor, assegurando que «estará sempre disponível para continuar a servir o partido, e, através dele, dar um contributo para o desenvolvimento do Concelho Porto Novo». Lembrou, no entanto, que por enquanto é apenas uma pré-candidata, uma vez que ainda haverá um longo caminho a percorrer.

Questionado se ainda não é cedo para o Partido no Setor do Porto Novo se ter pronunciado sobre candidatura autárquica, Elisa Pinheiro diz que não. Isto por considerar que «o Conselho do Setor pronunciou-se em conformidade com as diretrizes superiores, ou seja, da Comissão Política Regional (CPR) de Santo Antão» relembrando que «o caminho longe se faz de véspera».

Durante a sua sessão ordinária de 5 de Maio, o Conselho do Sector do Porto Novo também procedeu ao balanço do cumprimento do Plano de Atividades referente ao ano político 2017/2018 e respetivo orçamento, assim como à aprovação da proposta dos instrumentos de gestão para o próximo ano.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert

Newsletter

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project