POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Presidenciais 2021: Péricles Tavares defende que Cabo Verde precisa de um Presidente “visível e perto dos cidadãos” 03 Maio 2021

Péricles Tavares, que pretende candidatar-se a Presidente da República de Cabo Verde nas eleições presidenciais de Outubro próximo, disse ao Assemanaonline que o país precisa de um presidente visível e que esteja perto dos cidadãos, trabalhando assim para o bem estar de todos.

Presidenciais 2021: Péricles Tavares defende que Cabo Verde  precisa de um Presidente  “visível e perto dos cidadãos”

Este cidadão de dupla nacionalidade (cabo-verdiana e americana) afirmou que a sua candidatura deve-se à necessidade de Cabo Verde estar a precisar neste momento, de um Presidente da República que desempenha as funções que a Constitiuiçao da República o concedeu na totalidade, assumindo as suas responsabilidades, diferenciando-se do primeiro-ministro que tem a parte logística. Um presidente que tem em mente de que ele tutela a área do “comando nacional” e que esteja presente na vida da população em qualquer circunstância.

“Sou contra a fiscalização das atividades do governo na justiça e também na maneira como a administração do território está a ser conduzida. Sou contra a desigualdade e sou a favor da justiça. Sou a favor de uma democracia participativa. Para isso, é preciso uma intervenção rápida de um presidente da República, com coragem, determinação, com sentido de estado e sobretudo solidário e que tem por obrigação ser um exemplo para a sociedade”, salientou.

Instado sobre o desempenho dos partidos políticos no arquipélago, Tavares sublinhou que os partidos políticos devem fazer mais para servir a população e trabalhar para que não haja desigualdade, fazendo com que os recursos existentes no país estejam à disposição de todos, contribuindo assim para o bem estar da nação cabo-verdiana e zelar pela felicidade do povo.

Conforme revelou, será um presidente “suficiente para o povo”, trabalhando de acordo com as necessidades do país e, juntamente com o governo, formar uma boa parceria que visivelmente minimize a fome e a emigração em Cabo Verde, oferendo condições à população para não se sentir a necessidade de procurar outras condições de vida no estrangeiro.

Cabo Verde realiza eleições presidenciais em 17 de Outubro de 2021, às quais já não concorre Jorge Carlos Fonseca, que cumpre o segundo mandato como Presidente da República.

Na corrida eleitoral, Péricles Tavares terá pela frente outros candidatos como o ex-primeiro-ministro, Carlos Veiga, (1991 a 2000), e ex-presidente do Movimento para a Democracia (MpD, no poder), o antigo chefe do Governo José Maria Neves (2000 a 2015) e antigo presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, o deputado Hélio Sanches, eleito nas listas do MpD, o professor universitário Daniel Medina e o empresário Marcos Rodrigues.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project