NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Operadores defendem que Cidade Velha como património devia ter melhores condições 26 Junho 2020

Os moradores e operadores económicos no concelho da Ribeira Grande de Santiago defenderam hoje que a Cidade Velha, como Património da Humanidade, deveria oferecer melhores condições de segurança, sanitárias e de acessibilidades.

Operadores defendem que Cidade Velha como património devia ter melhores condições

No dia em que este concelho celebra o XIº aniversário do reconhecimento da Cidade Velha pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como Património da Humanidade , a Inforpress conversou com alguns moradores e operadores ligados à restauração e hotelaria.

Na opinião do morador e também empresário Luciano Semedo citado pela Inforpress, o município, praticamente, “não ganhou nada com esta classificação”, ou seja, a “única coisa que ganhou foi o título de património”.

Para a mesma fonte, a população não tem usufruído desse título e mesmo com a passagem dos turistas não conseguem arrecadar “grandes receitas”.

“Os turistas vêm e nem negociam. Aqui na Penedinha (nome do seu restaurante) temos contactos que fazemos através das agências para oferecer almoços, às segunda, quinta-feira e sábado, para 30 a 40 turistas, mas depois disso ficamos sem nada”, lamentou.

Por sua vez, o empresário Brás de Andrade é de opinião de que é preciso uma “maior envolvência” entre os ministérios da Cultura, do Turismo e do Ambiente para acelerar o desenvolvimento deste sítio histórico e fazer da Cidade Velha a “sala de visita de todos os visitantes”.

Por outro lado, questionou como é possível ter uma Sé Catedral “sem portas”, possibilitando a entrada de todas as pessoas que chegam ao município, sem que as autoridades arrecadem alguma receita.

“Ali era para ser a fonte de receita. A câmara tem alguma limitação, mas se houvesse a envolvência desses ministérios, Cidade Velha, hoje, tinha receita até para dar as outras localidades”, sentenciou.

Defendeu que um sítio onde passou Vasco da Gama, não há qualquer historiador para explicar a história deste município, nem tão pouco conseguem fazer da primeira pista de aviação em Calheta uma atracção turística, acrescenta.

O empresário revelou à Inforpress que está arrependido de ter feito um grande investimento no concelho, porque não há qualquer colaboração.

Segundo disse, ele e outros empresários foram “quase que induzidos” a investir no concelho, mas até agora não foram criadas “grandes condições” em termos de iluminação, sistema de abastecimento de água, acessibilidade entre os outros municípios.

Na mesma linha de opinião, a empresária Fátima Fortes defendeu que é preciso fazer ainda mais para que Cidade Velha ganhe com o título de Património do Mundo.

A insegurança, a falta de casa de banho para os turistas, os animais à solta, educar a população de que Cidade Velha é um património e que não fica bem um turista chegar e ver os munícipes a fazer desta urbe “casa de banho” são algumas das questões que esta espera serem revolvidas para alavancar o desenvolvimento desta urbe.

Abordada pela Inforpress, a moradora Lena Évora defendeu que é preciso criar mais atractividade para chamar a atenção dos turistas e para que estes possam deixar um pouco de recursos no concelho.

Depois de ouvir essas reclamações, o presidente da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, Manuel de Pina, considerou que não estão muito mal em termos de abastecimento de água, de iluminação e de segurança, mas que tudo isso pode ser melhorado.

A nível da segurança, informou que iniciaram o processo de instalação do sistema de videovigilância nos pontos estratégicos para ajudar na segurança pública e diminuir as acções dos meliantes, mas que este projecto deve ser continuado pelo novo edil que sair das eleições autárquicas deste ano.

Em termos de acessibilidade recordou que estão em curso obras de reabilitação de alguns pontos no concelho, conclui o ainda Edil da cidade Velha citado pela Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project