SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Operação Zorro: Tribunal da Relação de Barlavento manda soltar brasileiros presos em São Vicente e repetir julgamento 10 Fevereiro 2019

O caso dos três velejadores brasileiros, que se encontravam detidos desde Agosto de 2017 na Cadeia da Ribeirinha, em São Vicente de Cabo Verde, no âmbito da “Operação Zorro”, conhece novos desenvolvimentos. É que eles foram soltos e vão responder o processo em liberdade, sob termo de identidade e residência-TIR, segundo decreta o Tribunal da Relação de Barlavento com sede na cidade do Mindelo.

Operação Zorro: Tribunal da Relação de Barlavento manda soltar brasileiros presos em São Vicente e repetir julgamento

A saída da prisão dos velejadores acontece, segundo a Inforpress, três semanas depois da justiça ter anulado o julgamento que condenou Daniel Guerra, Rodrigo Dantas e Daniel Dantas a 10 anos de prisão por tráfico internacional de droga.

Segundo a mesma fonte que cita um dos advogados de defesa, Osvaldo Lopes, o Tribunal da Relação de Barlavento deu razão ao recurso interposto pela defesa e ordenou que o processo voltasse para a primeira instância porque durante o julgamento houve uma “ilegalidade”.

Isto porque, conforme o advogado, o juiz Antero Tavares recusou a audição de testemunhas brasileiras que tinham sido indicadas pelo arguido Rodrigo Dantas.

Desta forma o julgamento vai ser repetido com audição das testemunhas, mas ainda não há data para o novo julgamento.

Os três velejadores brasileiros, Daniel Guerra, Rodrigo Dantas e Daniel Dantas, foram condenados em Março do ano passado a 10 anos de prisão. Isto decorrente da operação desencadeada a 23 de Agosto de 2017, em que a Polícia Judiciária (PJ) apreendeu 1157 quilos de cocaína, durante uma busca efectuada ao veleiro Rich Harvest, atracado na Marina do Mindelo, onde se encontravam junto com o capitão de nacionalidade francesa Oliver Thomas.

Durante o julgamento, o Tribunal da Comarca de São Vicente não levou em conta a audição de testemunhas brasileiras nem um inquérito feito pela Polícia Federal brasileira que apontava que os velejadores desconheciam que o barco transportava droga.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project