Retratos

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Noite de Autores SCM 2019: Homenagem a Celina Pereira na Praia 15 Abril 2019

A cantora Celina Pereira, referenciada como o ícone da cultura cabo-verdiana, é homenageada, durante a noite deste Domingo, pela Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM), n segunda edição da gala Noite de Autores, que se realiza na Praça Luís de Camões, também conhecida por Praça da Escola Grande, no Plateau. Tudo em comemoração ao Dia Mundial do Direito do Autor, celebrado mundialmente a 23 de Abril.

Noite de Autores  SCM 2019: Homenagem a Celina Pereira na Praia

Esta que é considerada a grande senhora da Música e Cultura Cabo-verdiana, tem já nove trabalhos discográficos editados. Celina Pereira é também conhecida como uma eximia cantora de estórias tradicionais, destaca-se no campo cultural, dada a forma como tem projectada a cultura cabo-verdiana, tanto no país como na diáspora, tornando-se uma verdadeira embaixadora da cultura cabo-verdiana além fronteiras.

«Boavistese de gema, radicado em Portugal, lançou seu primeiro single 1979 e em 1986 deu a estampa a sua primeira obra discográfica “Força di Cretcheu" (Força do Meu Amor), um trabalho com arranjos e Direcção musical de Paulino Vieira que inclui histórias e cantigas de roda, brincadeira, casamento e trabalho», refere em nota a SCM.

Segundo a mesma fonte, em 1990 lançou o LP "Estória, Estória... No Arquipélago das Maravilhas" e em 1993 edita pela editora francesa Melódie, em 1993, o álbum "Nós Tradição" e participa na compilação "Pensa nisto!...".

Já no disco "Harpejos e Gorjeios", editado em 1998, canta em crioulo e português, tendo contado com a direcção musical de Zeca Afonso e interpreta a morna e interpreta a morna "Bejo de Sodade", da autoria de B.Leza , com o fadista Carlos Zel,

Celina Pereira colabora com o brasileiro Martinho da Vila no tema "Nutridinha (nutridinha do sal)" do disco "Lusofonia" de 2000.

"Estória, Estória..." foi reeditado em CD e em formato audiolivro (livro/cassete), tendo recebido vários prémios internacionais.

Celina foi condecorada em 2003, com a medalha de mérito - grau comendadora - pelo presidente da República de Portugal, Jorge Sampaio, pelo seu trabalho na área da educação e da cultura cabo-verdiana, Celina Pereira foi foi galardoada em 2014 com o Prémio Carreira na 4.ª edição do Cabo Verde Music Awards (CVMA).

Lançou ainda "Estória, Estória… do Tambor a Blimundo", um áudio-livro que pretende recuperar o património expressivo das histórias e jogos de roda tradicionais africanos, com ilustrações da italiana Claudia Melotti.

“A Sereia Mánina e seus sapatos vermelhos” é o mais recente livro infantil da escritora e cantora Celina Pereira, em formato impresso e áudio, tendo sido lançado no dia 26 de Março na Biblioteca Nacional, na cidade da Praia. Daí a gala da homenagem a Celina Pereira, este domingo, na capital cabo-verdiana.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project