CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Navio “Chiquinho BL” vai reforçar a frota da CV Interilhas 11 Dezembro 2019

“Chiquinho BL” é o novo navio a motor, de cargas e passageiros, acabado de construir na Coreia do Sul, que partiu, desde dia 05 deste mês, para Cabo Verde, com a finalidade de reforçar a frota da CV Interilhas. Com uma capacidade para 430 passageiros e 50 veículos, irá operar na linha de maior tráfego do país (São Vicente - Santo Antão), constituindo, segundo o Governo, mais um passo para aproximar as populações e contribuir para a coesão do território nacional e desenvolvimento do país.

Navio “Chiquinho BL” vai reforçar a frota da CV Interilhas

Conforme a CV Interilhas, trata-se de «um marco histórico para o transporte interilhas», ao ser o primeiro navio novo, com estas caraterísticas, que irá permitir uma melhoria importante na qualidade, fiabilidade e segurança do serviço entre aquelas duas ilhas.

“Na procura e seleção deste novo navio a CV INTERILHAS teve o apoio da equipa, recursos técnicos e ’know how’ da Transinsular, uma das mais conceituadas empresas do GRUPO ETE em Cabo Verde, o que reforça e demonstra o rigor, fiabilidade e qualidade na solução escolhida”, anuncia a mesma sociedade marítima.

Este navio, cujo nome foi escolhido pelas autoridades nacionais, tem chegada prevista para o mês de Janeiro e integra-se no plano de desenvolvimento da empresa que pretende « proporcionar maior conforto e segurança aos passageiros,» «com impacto também importante na qualificação do transporte turístico, aumentando, simultaneamente, a capacidade de transporte de carga».

Para a CV Interilhas, o balanço feito, recentemente, dos três primeiros meses de atividade da empresa, revelaram números encorajadores que demonstram a eficácia do serviço de transporte interIlhas e do desempenho da companhia, uma vez que neste curto período de tempo, foram transportados pouco mais de 16% de passageiros do que em igual período do ano anterior.

Depois do caos inicial, princpalmente nos eixos São Vicente/Santo Antão, São Vicente/São Nicolau Sal e Santiago/fogo/Brava, a CVI diz existir regularidade e frequência das ligações que assegura desde o início da sua atividade. A empresa prevê, até ao final do ano, realizar mais de 1.500 viagens e transportar mais de 200 mil passageiros, o que significará um aumento de 25%, comparado com igual período do ano passado. A companhia espera ainda transportar mais de 8.000 toneladas de carga geral e 16 mil viaturas durante esse período.

“A CV Interilhas ciente dos importantes desafios que tem pela frente, partilha com a população de Cabo Verde este importante acontecimento, e continuará a trabalhar com todo o empenho para servir os passageiros e a economia de Cabo Verde, considerando que está no bom caminho e que no geral as operações, estão a correr bem, tendo em conta o compromisso assumido de interligar as ilhas com rapidez, regularidade e segurança”, anuncia em comunicado a qie este jornal teve acesso.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project