MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

"Na vida e na morte" casal perfeito vive 50 anos felizes ... até chegar a Covid-19 17 Setembro 2020

Johnny e Darlene despediram-se da vida lado a lado, de mãos entrelaçadas no seu leito do hospital, um mês depois de internados com a doença do coronavírus. Ele com 67 anos e ela com 65 estavam juntos há 50 anos e completaram 48 anos de casamento.

Um dos três filhos do casal Peoples diz-se grato às enfermeiras do hospital na Carolina do Norte que decidiram reunir Darlene e John para a despedida. Colocaram-nos no mesmo quarto da UCI-Unidade de cuidados Intensivos.

Shane Peoples, entrevistado pela WBTV, contou que duas semanas antes de serem hospitalizados em estado grave, Darlene e John tinham tido febre e perdido o paladar.

Ao fim de um mês internados, só respiravam pelo ventilador. "Eles estavam a piorar. Então elas decidiram colocá-los no mesmo quarto da UCI". Foi de mãos dadas que o casal se despediu. "Quatro minutos decorreram entre as duas mortes", contou o filho emocionado.

2 apelos

Muito emocionado, Shane tem postado mensagens nas redes sociais que os meios de comunicação de referência têm divulgado, como esta: "Os meus pais eram uma bênção para todos: não só para mim, o meu irmão e a minha irmã, o genro, as noras e os nove netos, mas também para todos os que os conheceram".

Shane lança um apelo a todos para os cuidados básicos a ter nesta situação pandémica, na esperança de que "ninguém mais venha a sofrer a mesma dor que [ele]". Acrescenta todavia que "os pais eram muito conscienciosos" e que "ao contrário de muitos que brincam com a Covid, eles seguiam todas as indicações".

"Eles seguiam todas as indicações, mas um vírus roubou-lhes a vida". A mãe, educadora de infância "foi a primeira a adoecer. Depois foi o pai", um guarda prisional.

"Fomos traídos mas prometi que" ao não ia falar com ódio, mas com o amor que eles me inspiraram a vida toda", escreveu Shane, ao fazer um apelo para as pessoas façam doações para o centro de pesquisa do hospital regional (em vez de mandarem flores).

Fontes: WBTV/Paris Match. Foto: Darlene morreu dias antes da reforma planeada para começar este final de setembro.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project