SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Mosteiros: Câmara anuncia criação de banco da mulher e centro de abrigo para acolhimento de vítimas 05 Mar�o 2021

O presidente da câmara dos Mosteiros anunciou esta quarta-feira, 03, a criação de um banco da mulher e centro de abrigo para mulheres vítimas de Violência Baseada no Género (VBG), entre outras acções para promoção da mulher.

Mosteiros: Câmara anuncia criação de banco da mulher e centro de abrigo para acolhimento de vítimas

Fábio Vieira, que falava no final de uma formação sobre educação financeira e sustentabilidade de negócios para mulheres, que decorreu durante três dias e contou com a participação de mais de quatro dezenas de mulheres, disse que a criação do banco da mulher visa o fomento de iniciativas empreendedoras, avança inforpress.

Segundo o mesmo, trata-se de um projecto de microfinanças para financiar as iniciativas empreendedoras de mulheres dos Mosteiros, observando que é uma espécie de um fundo cujo dinheiro é para financiar projectos, e que se enquadra nas políticas públicas de empoderamento das mulheres.

Segundo escreve a Inforpress, no quadro das medidas de política e implementação de políticas públicas que promovam a inclusão social, económica, política e cultural das mulheres, a autarquia agendou um leque variado de actividades como a elaboração do Plano Municipal de Igualdade e Equidade de Género (PMIEG), enquanto instrumento de planeamento de políticas para a igualdade.

O plano, de acordo com a mesma fonte, também estabelece estratégias de transformação das assimetrias de género, integrando medidas e acções específicas, fixando objectivos, metas a alcançar e indicadores de impacto para as mulheres e, segundo Fábio Vieira, será elaborado em parceria com a Rede das Mulheres Parlamentares e Instituto Cabo-verdiano de Igualdade e Equidade do Género (ICIEG).

No quadro do programa global e de governação 2020/24, a câmara vai “apostar fortemente” na promoção da condição feminina e inclusão social e económica de mulheres dos Mosteiros, através do fomento ao empreendedorismo feminino.
No que tange as medidas, o presidente da câmara dos Mosteiros anunciou ainda a criação de creches municipais para combater o trabalho reprodutivo e dar mais tempo às mulheres para realização de trabalho remunerado e a implementação do projecto “uma família, uma torneira” para levar água a todas as mulheres chefes de família dos Mosteiros, adianta a notícia avançada pela Inforpress.

A mesma fonte lembrou que o sucesso das medidas dependerá do “interesse, disponibilidade e engajamento” de todos os actores sociais, mas “sobretudo as mulheres”.

A formação foi organizada pelos pelouros de Emprego e do Empreendedorismo e do Género, da autarquia dos Mosteiros, através do Gabinete Municipal do Empreendedorismo, com a finalidade de melhorar a postura empreendedora, promover melhores escolhas nas decisões financeiras e melhorar a gestão financeira dos empreendimentos para aumentar o sucesso e inserir-se no circuito local, regional e nacional.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project