INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Mega-obras públicas por trás da ‘dívida oculta’ que ameaça economia da China 20 Outubro 2018

A dívida é colossal, tanto que pode ser impossível de pagar, revela esta sexta-feira, 19, a imprensa económica, que divulga o relatório da agência de classificação de risco ’Standard & Poor’s’ que calcula o passivo acumulado dos governos regionais chineses entre 4,3 e 5,8 triliões de dólares (414,15-558,62 triliões CVE).

 Mega-obras públicas por trás da ‘dívida oculta’ que ameaça economia da China

O aumento dos projetos de construção de infraestruturas dos governos locais da China exigiu um grande volume de empréstimos que agora pode não ser possível pagar, devido à desaceleração da economia chinesa, também por efeito da guerra das tarifas impostas pelos Estados Unidos.

Uma segunda causa é a limitação de emissão de títulos de governos locais para financiar projetos que mantenham o crescimento, informou o jornal Financial Times.

Em qualquer caso, a Standard & Poor’s apontou que o valor exato da dívida é desconhecido, porque uma grande parte não é refletida nos balanços das administrações locais. Trata-se de "um iceberg com riscos de crédito titânicos".

Kevin Lai, economista-executivo da empresa Daiwa Capital Markets para a Ásia, aponta que "durante anos pensávamos que era dívida do Estado, mas estávamos enganados", porque "é muito grande e o governo não pode resgatá-la sem imprimir muito dinheiro". Daí que os que recorreram a "veículos de financiamento dos governos locais, que alcançaram 60% do PIB no fim do ano passado, agora estão em risco de incumprimento".

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project