SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Marinha Mercante: Marítimos que trabalham no estrangeiro preocupados com a demora na emissão de passaportes 25 Maio 2018

O Presidente da Associação Cabo-verdiana dos Armadores da Marinha Mercante de Cabo Verde alerta que, desde finais de 2017, os marítimos nacionais têm enfrentado dificuldades em renovar os seus passaportes e assim regressarem ao trabalho estrangeiro. Porque muitos correm o risco de perder o trabalho, João Guilherme pede a intervenção urgente das autoridades nacionais no sentido de resolver o problema em causa.

Marinha Mercante:  Marítimos que trabalham no estrangeiro preocupados com a demora na emissão de passaportes

Conforme o Presidente da Associação Cabo-verdiana dos Armadores da Marinha Mercante citado pela RCV, esta situação pode colocar os marítimos no desemprego, Por isso, João Guilherme pede às autoridades nacionais que encontrem uma solução para este problema, exigindo aos decisores que tenham mais sensibilidade no tratamento deste assunto.

João Guilherme adverte que, em caso de dúvida, basta às autoridades solicitarem aos marítimos a sua cédula marítima para comprovarem que ele está a trabalhar no estrangeiro.

O Presidente da Associação Cabo-verdiana dos Armadores da Marinha Mercante, acrescenta ainda que se a polícia desconfiar da legalidade da cédula marítima poderá sempre pedir informações à entidade que emite a cédula marítima que poderá atestar a sua autenticidade,refere a RCV.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert

Newsletter

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project