POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Líder do PAICV felicita António Costa pela vitória nas eleições legislativas de domingo 08 Outubro 2019

A líder do PAICV e vice-presidente da Internacional Socialista felicitou hoje o secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, pela sua vitória nas eleições legislativas deste domingo, em que o seu partido obteve 36,65% de votos.

Líder do PAICV felicita António Costa pela vitória nas eleições legislativas de domingo

A líder do PAICV e vice-presidente da Internacional Socialista felicitou hoje o secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, pela sua vitória nas eleições legislativas deste domingo, em que o seu partido obteve 36,65% de votos.

“Regozijamo-nos com a expressiva vitória do PS, partido com o qual temos uma longa tradição de amizade e de solidariedade, para além de, juntamente com o PAICV, ser membro activo da Família da Internacional Socialista, que, assim, vê reconhecidos, nas urnas, os princípios e valores da democracia e do desenvolvimento sustentável que sempre defendeu”, lê-se no comunicado a que a Inforpress teve acesso.

A presidente do maior partido da oposição disse ainda que o PAICV seguiu com “grande expectativa” o processo eleitoral das legislativas, em Portugal.

“A vitória do PS augura, certamente, a continuidade de uma cooperação construtiva e frutuosa com o PAICV e, naturalmente, com Cabo Verde, países que desenvolvem relações diplomáticas exemplares”, refere a fonte da Inforpress.

O PS venceu as eleições, mas sem a maioria absoluta e o seu secretário-geral do PS já admitiu governar com acordos pontuais, procurando a estabilidade “dia-a-dia”, se não conseguir repetir um entendimento com os parceiros de esquerda, e frisou que nunca colocará em risco a credibilidade externa do país.

Segundo a Lusa, este tipo de solução, semelhante àquela que foi posta em prática pelo Governo de António Guterres entre 1995 e 1999, com acordos pontuais do PS tanto à direita como à sua esquerda, foi admitida por António Costa na conferência de imprensa sobre os resultados das eleições legislativas de domingo.

Questionado sobre em que medida está disponível para acordos pontuais com o PSD, designadamente em matéria orçamental e num cenário de contenção orçamental, António Costa defendeu que “a direita foi derrotada” nestas eleições legislativas.

“Se interpreto bem os resultados, os portugueses desejam a continuidade da actual solução política. Se não houver vontade dos outros parceiros na continuidade dessa solução, terei de respeitar naturalmente essa vontade e teremos de prosseguir com um Governo do PS que trabalhará dia-a-dia para manter essa estabilidade ao longo dos quatro anos”, respondeu o secretário-geral do PS.

Neste ponto, António Costa disse mesmo ter “a certeza que não há um único português que tenha votado pela instabilidade ou por um Governo com um prazo dois anos”, refere a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project