POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Líder da JPAI acusa Primeiro-ministro de tentativa para compra de consciência dos jovens nas vésperas das eleições legislativas 19 Fevereiro 2021

A Juventude do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (JPAI) acusa o chefe do Governo, Ulisses Correia e Silva, de tentar comprar consciência dos cabo-verdianos, sobretudo dos jovens. A afirmação foi feita, numa conferência de imprensa realizada na Cidade da Praia, esta sexta-feira, 19, pelo presidente desta organização juvenil e membro da Comissão Política Nacional do PAICV, Fidel Carlos Cardoso de Pina, para quem o Primeiro-ministro tem anunciado, nos últimos dias, várias medidas eleitoralistas e promovido encontros com jovens por todo o arquipélago, com o objetivo de ludibriá-los e tirar dividendos nas eleições legislativas de 18 de Abrill deste ano.

Líder da JPAI acusa  Primeiro-ministro de tentativa  para compra de consciência dos jovens  nas vésperas das eleições legislativas

“Na reta final do mandato, Ulisses Correia e Silva anunciou um conjunto de medidas de curto prazo e claramente eleitoralistas, que constam neste último orçamento de estado, com objetivo único de tirar dividendos nas legislativas de abril próximo. Aliás, temos assistido ao comportamento afoito do Primeiro -ministro com a promoção de vários encontros com jovens um pouco por todo país, com muita animação musical de vários artistas, com o intuito claro de tentar atrair os jovens”, anuncia, Fidel Cardoso.

Perante tais medidas, que considera eleitoralista, o líder da JPAI considera que esses encontros com a juventude, de última hora, visam tentar comprar a consciência dos jovens cabo-verdianos nas vésperas das eleições legislativas. “A JPAI condena este comportamento político inaceitável do Primeiro-ministro. Não podemos aceitar isso! Reiteramos que este comportamento não é sério e nem politicamente aceitável vir tentar convencer os jovens desta forma, com operações de curto prazo para tentar ludibriar a juventude cabo-verdiana com estas manobras claras para tentar tirar benefícios eleitorais”, alerta o o jovem político, lamentando, no entanto, que Ulisses Correia e Silva e o MpD não conhecem com profundidade a juventude cabo-verdiana.

A juventude cabo-verdiana de hoje está cada vez mais informada, consciente, esclarecida e muito inteligente. Portanto, os nossos jovens estão cientes destas manobras e ações de última hora, e isso não irá alterar o seu sentido de voto”, sustenta.

Com base no seu registo, Fidel Cardoso relembra que os encontros entre o Chefe do Governo e a juventude estiveram suspensos durante quase cinco anos. “Só agora nas vésperas das eleições que o Governo acordou para as questões juventude? Por que é que as medidas em relação a juventude não foram tomadas ao longo do mandato? Por que é que a juventude não esteve no centro das políticas públicas deste Governo, ao longo dos últimos quase cinco anos?”, questiona.

“O Governo sustentado pelo MpD tem hipotecado a vida dos jovens cabo-verdianos e, continuando assim, vamos levar décadas para recuperar. A verdade é que a juventude cabo-verdiana foi completamente esquecida e abandonada pelo Primeiro-ministro e o seu Governo durante quase cinco anos de governação”, conclui Fidel Carlos Cardoso de Pina

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project