POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

JPAI: Jovens carecem de apoios, governo prioriza gastar milhares de contos na compra de carros novos 22 Junho 2018

O Governo de Ulisses Correia e Silva dá como prioridade gastar milhares de contos dos cofres do estado com a renovação de carros de todo o elenco governamental e de alguns serviços da sua administração directa,( ver foto do famoso BMW do edil de são Miguel defendido pelo ministro das Finanças), enquanto os jovens deste país, sobretudo os do mundo rural, carecem de mais apoios para emprego e estudo. Este alerta consta da declaração política da Comissão Permanente da JPAI, que esteve reunida, nos últimos dias, no Concelho de São Domingos de Santiago.

JPAI: Jovens carecem de apoios, governo prioriza gastar milhares de contos na compra de carros novos

A organização liderada por Fidel Cardoso de Pina fundamenta que «os jovens se encontraram numa situação difícil, de desânimo e de muitas dificuldades para prosseguirem os seus estudos». Tudo por causa não só da falta de emprego, mas também do falhado plano governamental de emergência para mitigação da seca e mau ano agrícola em Cabo Verde.

Para os Jotas tambarina, passados mais de dois anos de governação do MpD, a juventude cabo-verdiana continua a enfrentar os mais graves problemas sociais no país. «O governo prometeu criar 45 mil postos de trabalho, mas vivemos, claramente, numa situação em que os jovens cabo-verdianos enfrentam altas e assustadoras taxas de desemprego, associando ainda a isto os contratos de trabalho cada vez mais precários e mais impostos aos mesmos»

Por isso, entende a JPAI que o país está por saber qual é a real importância que o Governo de Ulisses Correia e Silva atribui aos jovens cabo-verdianos. «O Primeiro-Ministro em campanha prometeu ‘tudo e mais alguma coisa’ à nossa Juventude. Contudo, os ventoinhas têm estado numa profunda amnésia desde o momento que alcançaram a vitória nas últimas eleições. Esqueceram-se de todos os compromissos feitos, guardando, não se sabe onde, todas as promessas à juventude, nomeadamente o do ensino obrigatório e gratuito até o 12o Ano de escolaridade».

A declaração política de São Domingos destaca ainda que, depois de três orçamentos de Estado, onde a juventude nunca foi comtemplada, muito pelo contrário, nenhum jovem foi contemplado com a isenção de propinas, quando o não pagamento das propinas até o 12º Ano da escolaridade foi uma das principais bandeiras de campanha do MpD.

«Por isso, a Juventude do PAICV, sendo de esquerda - moderna, reformista com sentido de estado, progressista e que zela pela defesa dos direitos de todos os jovens cabo-verdianos -, exige que o actual Governo cumpra a sua promessa de campanha e que tenhamos, neste próximo ano lectivo de 2018/2019, o ensino obrigatório e completamente gratuito até o 12º Ano de escolaridade em todo o país», conclui o comunicado da Comissão Permanente da JPAI. Foto: BMW do edil de São Miguel, que custou cerca de 7 mil contos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project