NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Iniciaram as Eleições dos representantes dos bairros da Cidade Velha 14 Junho 2021

As eleições são para a escolha dos representantes dos bairros de São Pedro, São Brás, Santa Marta, Largo rua Calhau, São Sebastião e Santo António da Cidade Velha, Património Mundial. O objetivo desta eleição é fazer com que cada bairro tenha um mediador atuante, entre os responsáveis pela gestão do sítio e a comunidade, fazendo jus ao eixo I (Envolvimento, Participação e Coesão Social, do Plano de Gestão da Cidade Velha, Património Mundial, 2019/2022, aprovado pela UNESCO). Até ao momento já foram eleitos 3 representantes.

Iniciaram as Eleições dos representantes dos bairros da Cidade Velha

Conforme uma publicação do Património Cultural (IPC), o eixo I destaca a necessidade da implicação da população local no processo de gestão do sítio histórico, propondo uma nova abordagem de integração dos residentes e os mecanismos de articulação interinstitucional.

Refere ainda que, esta abordagem construída com a comunidade, vai no sentido de valorizar e incorporar os seus contributos, visando despertar um novo olhar em relação a riqueza histórica do lugar.

O primeiro eixo do documento, salienta, tem ainda como foco aprimorar o sentimento de pertença da comunidade, promovendo o seu envolvimento, e consequentemente a elevação da autoestima e do orgulho de pertença ao lugar.

Até agora foram eleitos três representantes: Jorge Fernandes Vaz Moreira (Milher) – Bairro de São Brás; Edmir Luciano Ferreira (Dimir) – Bairro de São Pedro; Enilton Gonçalves Pereira (Nito) – Bairro de Santo António, sendo que nos próximos dias, serão realizadas as eleições para a escolha dos representantes dos restantes bairros (Santa Marta, Largo rua Calhau, São Sebastião).

“Os líderes escolhidos de forma livre e democrática pelos membros dos bairros, a partir de então terão a responsabilidade de participar no processo de seguimento e avaliação do plano de gestão 2022; tomar parte na gestão do sítio e nos fóruns de discussão; representar o seu bairro em todas as atividades desenvolvidas; disseminar, no seu bairro, as informações sobre o processo de gestão; informar sobre as preocupações dos residentes nos diferentes bairros; apoiar no processo de sensibilização para às boas práticas; zelar pelo cumprimento das normas de salvaguarda do Sítio Histórico; e propor ações com vista a valorização do sítio”, completa a publicação.

AC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project