SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ilha do Sal: Grupo de cidadãos promove manifestação para protestar contra onda de crimes que assola a ilha 24 Abril 2018

Um grupo de cidadãos na ilha do Sal realiza, esta quinta-feira, uma manifestação denominada “Manifestação Sal – 1720”, como forma de protestar a onda de crimes que tem assolado a ilha turística nos últimos dias.

Ilha do Sal: Grupo de cidadãos promove manifestação para protestar contra onda de crimes que assola a ilha

Um grupo de cidadãos na ilha do Sal realiza, esta quinta-feira, uma manifestação denominada “Manifestação Sal – 1720”, como forma de protestar a onda de crimes que tem assolado a ilha turística nos últimos dias.

Segundo Neusa Gonçalves, uma das promotoras da iniciativa, a “crescente” onda de crimes, assalto, roubos, entre outras violências, tem gerado um clima de “insegurança” e sentimento de “impunidade” no seio da população pelo que esta manifestação visa chamar a atenção das autoridades, do Governo, por forma a melhorar a segurança na ilha.

Neusa Gonçalves explica que a denominação “Manifestação Sal- 1720”, é para relembrar a data do início do povoamento a ilha do Sal, por gentes de São Nicolau e Boa Vista, “o Sal do antigamente, onde tudo era tranquilo e seguro”, frisou.

“A expectativa é grande no concernente à adesão das pessoas, já que um problema que preocupa a todos os salenses. Esperamos, com essa manifestação, despertar a atenção do Governo no sentido de se melhorar a segurança na ilha, cuja situação tem causado impactos negativos no sector do turismo, pondo a ilha em causa enquanto destino turístico”, observou.

A promotora desta iniciativa, para quem urge uma acção da população e de todos os agentes locais nesta luta, o Governo deverá pensar na mudança da lei, neste particular, já que a lei em vigor, disse, “defende ou protege os bandidos”.

“Esta manifestação tem como propósito chamar a atenção das autoridades locais e nacionais para a situação de insegurança que se vive, actualmente, na ilha do Sal, apelando para a necessidade de uma acção urgente de prevenção e adequação de medidas de combate ao crime”, acentuou.

Agendada para as 17:00 desta quinta-feira, a manifestação terá como slogan “Nô krê um dja d’Sal seguro” – (queremos uma ilha do Sal segura) – e tem a concentração na esquadra policial dos Espargos, com percurso Hortelã de Baixo, Chã de Matias, Ribeira Funda, Preguiça até a Praça 19 de Setembro, onde se concluiu o circuito. Fonte: Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert

Newsletter

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project