SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Hospital de São Francisco de Assis em S.Filipe: Esclarecimento da Direcção sobre pagamento de velas em atraso 13 Mar�o 2019

O Hospital São Francisco de Assis, vem por este meio, no direito de resposta e de esclarecimento da opinião publica que tem direito enquanto instituição publica que zela pelo cumprimento na integra, e no limite das suas capacidades e possibilidades, das suas responsabilidades.

 Hospital  de São Francisco de Assis em S.Filipe:  Esclarecimento da Direcção sobre pagamento de velas em atraso

Afirmamos categoricamente que nenhum funcionário(a) desta estrutura sendo ele(a) contratado(a) por esta instituição ou pelo Ministério da Saúde tem neste momento salário e ou velas em atraso, especificamente três (03) meses como refere a referida notícia.

Viemos também informar que em nenhum momento a equipa do Conselho Diretivo do Hospital foi contatado para o esclarecimento do assunto abordado, também queremos aqui pedir que sendo esta uma instituição que trabalha para a satisfação da população que presta os cuidados. Queremos informar que sempre trabalharemos diretamente com as pessoas sendo essas, centro das nossas atividades e motivo do nosso trabalho. Estaremos e estivemos sempre que assim entender a disposição de todos, os nossos contatos telefónicos encontram-se praticamente em todos os serviços do Hospital, por isso para evitar situações do tipo agradecemos e esperamos que sejamos contatados em qualquer circunstância para que possamos opinar sobre a situação decorrente.
Agradecemos.

Hospital São Francisco de Assis, 11 de março de 2019.

O CONSELHO DIRETIVO

O Diretor,

/Dr. Evandro Pires Monteiro/

O Administrador,
/Dr. Seriney Lony Barbosa/

— -

Nota Redacção:

. Conforme a sua linha editorial crítica e responsável, este jornal respeita os esclarecimentos referidos da Direção do Hospital. Mas faz questão de esclarecer que: 1) Tentou sem sucesso ouvir a Direcção do Hospital através dos serviços administrativos - destacou este aspecto na peça. 2) Reafirma que a peça em causa salientou existir cerca de três meses de velas (subsídios-extras) em atraso - referiu pelo menos três meses de velas em atraso, isto incluindo o mês de Março que já vai quase pelo meio. É que, na verdade, os mais de 30 funcionários do Hospital de São Francisco de Assis estavam, até esta segunda-feira,11, com as velas dos meses de Janeiro e Fevereiro por receber. Depois da saída da notícia, o administrador, segundo trabalhadores que informaram de imediato este jornal, chamou alguns dos funcionários visados para reconfigurar tais atrasos, prometendo que esta terça-feira,12, ia regularizar a situação. 3)Quem tem dúvida pode pode consultar as folhas de pagamento ou recibos ( atuais ou anteriores) dos referidos funcionários. O resto é conversa para boi dormir.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project