INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Parlamento chinês aprova lei da segurança nacional — Hong Kong perde em autonomia, em parcerias, avisa Casa Branca 28 Maio 2020

Hoje, seis meses depois de o território autónomo registar uma "vitória da democracia em eleições raras na China", Hong Kong começou a perder esse estatuto. A hoje aprovada lei de segurança nacional prevê reprimir quaisquer indícios de reivindicação autonómica de Hong Kong perante o poder em Pequim.

Parlamento chinês aprova lei da segurança nacional — Hong Kong perde em autonomia, em  parcerias, avisa Casa Branca

Os protestos voltaram às ruas de Hong Kong ao longo desta última semana, repetindo o que aconteceu ao longo do último semestre de 2019. Mas desta vez com uma diferença marcante: os visados já não são os políticos hongkonguenses mas o poder em Pequim, segundo a correspondente do New York Times refere na edição de domingo, 25.

Hoje (5ªfª, 28) o parlamento em Pequim aprova a lei que limita a autonomia da região insular chinesa e colónia britânica até 1997.

Entre as medidas redactadas no novo texto legal está que o desrespeito ao hino nacional é punido com pena de prisão. É a resposta de Pequim a atos como os transmitidos durante a final do campeonato de futebol em Hong Kong em setembro: estudantes apuparam quando se ouviu o hino nacional chinês.

Para o secretário de Estado Mike Pompeo, citado pelo Washington Post, o território insular deixou de ser livre e perde assim o seu estatuto privilegiado junto da Casa Branca. Fontes: DW.de./SCMP/outras referidas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project