DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Futebolista condenado a 3 meses de prisão por incumprir normas de quarentena 07 Abril 2020

O internacional Aleksandar Prijovic foi condenado a cumprir três meses de prisão, depois de, na passada sexta-feira, ter sido detido por incumprimento da ordem de recolher obrigatório imposta pelo governo sérvio, devido à pandemia causada pelo novo Covid-19.

Futebolista condenado a 3 meses de prisão por incumprir normas de quarentena

Em comunicado, a Procuradoria de Belgrado anunciou hoje (segunda-feira, 6) — "em conformidade com a lei do recolher obrigatório que impõe pesadas penas a cumprir, em caso de desobediência" — que o avançado do Al-Ittihad, da Arábia Saudita, foi condenado a cumprir três meses de prisão, convertíveis em prisão domiciliária.

Prijovic, de 29 anos, nasceu na Suíça de pais sérvios. Iniciou-se nos infantis de St. Gallen e aos 16 foi para o italiano Parma. Dois anos depois assinou pelo inglês Derby, em 2008. Teve passagens por clubes da Alemanha, de novo a Suíça, a Suécia, a Polónia, a Grécia, e por fim o Al-Ittihad.

Na Sérvia, o coronavírus contagiou 2.224 pessoas, das quais 58 acabaram por perder a vida. Fontes: A Bola/France Foot

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project