DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Futebol: Governo cabo-verdiano condecora Benfica e anuncia para breve celebração de protocolo com o clube 07 Setembro 2019

O Governo cabo-verdiano condecorou, esta sexta-feira,06, o Sport Lisboa e Benfica com o Segundo Grau da Medalha de Mérito Desportivo e anunciou que vai celebrar “brevemente” um protocolo, visando “cimentar ao mais alto nível as relações de prestígio”.

Futebol: Governo cabo-verdiano condecora Benfica e anuncia para breve celebração de protocolo com o clube

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, justificou a distinção ao “maior embaixador de Portugal no mundo “, como reconhecimento do contributo da nação benfiquista em Cabo Verde e na diáspora, alegando que o futebol acaba por ser o elo que liga o país ao mundo e cria o sentido da comunidade.

Em cerimónia realizada no Palácio do Governo, o chefe do executivo lembrou que o Benfica se afigura como uma das referências do mundo global e que o clube da Luz tem tido um papel indispensável na promoção da lusofonia, razão pela qual classificou esta condecoração “única e irrepetível”.

Reafirmou que esta condecoração de Cabo Verde ao Sport Lisboa e Benfica justifica-se pela “história, pelo prestigio e pela globalização” que este clube português tem dado mercê de “um contributo importante na figura ímpar de Eusébio, marcado por figuras centrais e importantes da lusofonia que se afirmaram através do Benfica”.

Ulisses Correia e Silva regozijou-se pelo facto do cabo-verdiano Fortunato Levy ter sido o primeiro capitão do Sport Lisboa e Benfica, de entre outros atletas como Carlos Alhinho, que também ajudaram o Benfica a afirmar-se.

Já o presidente do Sport Lisboa e Benfica manifestou-se “honrado e emocionado” pela forma como a sua delegação foi recebida na Cidade da Praia, e sublinhou que “nunca deixa de impressionar a forma como o povo de Cabo Verde vive a paixão pelo Benfica”, ressalvando que este carinho transmite ao clube força e responsabilidade para que o” Benfica seja cada vez maior”.

Luís Filipe Vieira realçou que o “Benfica vai muito para além das fronteiras de Portugal enquanto um “clube global, e, em particular, da lusofonia”, asseverando que apesar da distância geográfica que separa Portugal e Cabo Verde há uma história e sentir que aproximam o clube dos países da lusofonia.

“São sempre impressionantes as imagens que nos chegam dos países lusófonos quando conquistamos os campeonatos. Por isso, dizemos que o Benfica é um clube do mundo, o maior de Portugal. Aqui em Cabo Verde sentimos verdadeiramente em casa”, avivou o líder encarnado que recorda a “recepção fantástica”, na Cidade da Praia, em 2005, na ilha do Sal, em 2008, e na ilha do Fogo, em 2015.

A delegação do Benfica, chefiada pelo seu presidente Luís Filipe Vieira fez-se acompanhar da Taça “Reconquista”, alusiva ao campeão de Portugal 2018/19 e do antigo capitão Luisão. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project