LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fome no sul de Angola poderá resultar em "tragédia violenta" 21 Agosto 2019

Um pároco na província do Cunene avisou que a situação de fome que se vive na zona sul de Angola poderá terminar em “tragédia” com acos de violência. O padre da igreja católica, Gaudêncio Felix, disse ser necessária uma intervenção do estado para se evitar “uma catástrofe”.

Fome no sul de Angola poderá resultar em

É uma situação que pode terminar em tragédia caso não haja uma intervenção seria do estado. Podemos assistir uma catástrofe aqui no Cunene por causa da fome, quando as pessoas perderem a capacidade de sobrevivência e podemos imaginar um cenário de violência e roubo, invasão as lojas para encontrar comida”, acrescentou afirmando ainda que deveria ser decretado já o estado de emergência e que não se pode esperar que as pessoas morram para se agir, conforme escreve a VOA.

Já, o activista comunitário, Sérgio Kalundungo culpabiliza o governo angolano pela situação, já que as pessoas morrem por causa da fome. "Estas pessoas estão a morrer por serem vítimas de negligência de falta de políticas públicas e de insensibilidade. Aliás, dada à magnitude do problema, fazia sentido decretar estado de emergência e sobretudo o estado angolano devia rever imediatamente as actuais medidas que tem vindo a implementar para acudir o problema", mostra, citado pela VOA.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project