INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Espanha: Polícia deteve em Vigo o capitão fugido do narco-submarino com mais de 3 mil kg de cocaína com alegada paragem técnica em Cabo Verde 06 Dezembro 2019

Mais pormenores emergem esta quinta-feira, doze dias depois da apreensão histórica do primeiro narco-submarino na Europa e uma semana depois da detenção do piloto da embarcação, que andava a monte, depois de ter logrado escapar. O capitão envergava ainda o traje de neopreno com que fez a viagem suboceânica entre a Colômbia e a Espanha.

Espanha: Polícia deteve em Vigo o capitão fugido do narco-submarino com mais de 3 mil kg de cocaína com alegada paragem técnica em  Cabo Verde

Na mesma altura, quinta-feira, 28, foi detido no próprio domicílio o seu cúmplice, que a polícia acredita ter-se dirigido à embarcação para o ajudar. Ambos, nacionais espanhois da Galiza, fugiram quando a polícia chegou. Os dois tripulantes aí encontrados, equatorianos, foram detidos.

A polícia informou que foi fabricada na Guiana a embarcação submersível apreendida perto do porto de Aldán, o mais próximo da fronteira atlântica com Portugal.

Dias depois da apreensão histórica, a polícia informou que a embarcação submersível caiu nos radares da Marinha de Portugal e que de imediato se montou a operação para receber os traficantes.

Acerca da alegada ’paragem técnica’ em Cabo Verde — difundida em órgãos de imprensa portugueses como o CMTV e retomada num semanário de Cabo Verde — não há quaisquer referências nos media espanhois de referência.

Narco-submarino


É o primeiro "narco-submarino" apreendido na Europa, mas não é o primeiro nem lá perto, já que há largos anos este tipo de meio de transporte vem sendo usado para levar droga para os Estados Unidos.

O primeiro de que houve notícia mundial (mas não o primeiro, veja entretítulo infra) foi o submarino de 11 metros de Pablo Escobar, alegadamente de fabrico russo para fins militares. O deste domingo, 24, foi fabricado na Guiana, o único país anglófono da América Latina, e mede 22 metros ao comprido.

Acredita-se que a construção de submarinos deste tipo, cujo custo é calculado entre os 2,5 milhões e os 10 M. de euros, é feita em áreas remotas, especialmente em matas nas densas florestas da América Latina, para evitar a sua detecção. Como é o caso do deste domingo, fabricado na Guiana segundo as autoridades espanholas.

O primeiríssimo

Foi em setembro de 2000 que uma força conjunta de polícias dos EUA e da Colômbia apreenderam um submarino de 36 metros por quatro de altura, com capacidade para transportar 15 toneladas de cocaína.

A operação envolvia narcotraficantes russos, colombianos e estadounidenses.

Galiza em luta para apagar a nódoa de terra de traficantes

O dinheiro cega, disse a galega Carmen Avendaño há meses quando a sua conterrânea Tania Varela Otero (foto) — que a imprensa alcunhou ’anjo’ em 2001 aos 27 anos, "narcoabogada" (narcoadvogada), em 2006, "La Escobar" em 2011 — foi detida ao fim de oito anos em fuga.

"O seu caso mostra como muitas vezes a vista do dinheiro bloqueia o cérebro", diz a presidente da ‘Fundación Érguete’, que na sua luta para a reinserção dos toxicómanos decidiu que tinha de denunciar o narcotráfico.

"É toda uma geração perdida por causa dos estupefacientes", afirma Avendaño. A ativista para a reinserção dos toxicómanos lamenta: "Uma jovem tão prometedora, que fez um trabalho muito bonito de 2001 a 2004 em Cambados, deixou-se envolver nas malhas desse negócio que destrói vidas".

Fontes: El País/TVE/Galicia TV. Relacionado: A condenada a sete anos de prisão em 2011 e com um mandado Europol desde 2013, vivia despercebida, ‘como um gato’, 24.3.019. Fotos: Autoridades com o narco-submarino reemerso. Praia de Foxo a 1 milha do porto de Aldán, Vigo, Galiza, Espanha. Aqui as polícias detiveram os tripulantes do submersível (com imagem aérea,em foto inserta) cuja existência foi comunicada por colaboração internacional de que não se publicitam detalhes. A palavra "narco-submarino/narcossubmarino", ou "narcosubmarino" na escrita em espanhol, é a mais recente candidata a entrar nos dicionários das duas línguas novilatinas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project