AMBIENTE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Estudo inédito quer caracterizar zonas de berçário de tubarões em Cabo Verde 11 Fevereiro 2018

Um investigador da Universidade de Lisboa está a estudar a existência de zonas de berçário de tubarões na ilha da Boavista, em Cabo Verde, fenómeno que ainda não tinha sido documentado no Atlântico Este.

Estudo inédito quer caracterizar zonas de berçário de tubarões em Cabo Verde

Segundo a Lusa, as zonas de berçário de tubarões não são muito conhecidas mundialmente, principalmente nesta zona, estando mais descritas no Atlântico Oeste, junto às Caraíbas ou ao Brasil, explicou o coordenador do projeto, Rui Rosa, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

«Neste momento estamos a estudar os recém nascidos, nós não sabemos de onde vêm os progenitores, sabemos é que estas populações vão lá para utilizar esta área como berçário», adiantou, sublinhando que já foram ali observados juvenis de tubarões-martelo e de pontas pretas.

Quando atingem uma certa maturidade, os tubarões deixam estas zonas de berçário e vão para outros locais, já que se tratam de espécies ´muito cosmopolitas´, observou o investigador, acrescentando que a maioria destas espécies ´são costeiras, oceânicas e estão por todo o lado’, conclui a agência Lusa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project