POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Deputados do PAICV denunciam aumento da taxa de entrada no Cais de Pesca da Praia 11 Janeiro 2022

Os deputados do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição) denunciaram hoje o aumento da taxa de entrada dos rabidantes no Cais de Pesca, que de 20 escudos passa agora para 120 escudos.

Deputados do PAICV denunciam aumento da taxa de entrada no Cais de Pesca da Praia

Esta denúncia foi feita pela porta-voz dos deputados, Ana Paula Moeda, na sequência da apresentação de cumprimentos de ano novo ao presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, momento aproveitado para se inteirarem do orçamento e plano de actividades da autarquia para 2022.

Para a deputada citada pela Inforpress, no Cais de Pesca, local escolhido para visitar também hoje, no quadro de um conjunto de visitas que efectuam nestes dias ao círculo de Santiago Sul, existem no momento alguns problemas, sendo uns “muito sensíveis” como é o caso do aumento da taxa de entrada dos vendedores.

“Vários problemas neste momento estão a passar no Cais de Pesca, principalmente relacionados com as senhas de entrada, que se pagava antes 20 escudos e agora paga-se 120 escudos. Um aumento de 100 escudos para as nossas rabidantes que vão comprar os pescados junto aos armadores na primeira venda, para depois passarem para a segunda venda junto aos revendedores e depois aos seus clientes”, denunciou a mesma eleita da nação.

Por este motivo, Ana Paula Moeda disse que os deputados do PAICV vão hoje manter um encontro com gestores do Cais de Pesca da Praia, para se inteirarem desses problemas, e levar a visão dos deputados, mas também dos pescadores, armadores e peixeiras, visando uma concertação e assim alcançar “um melhor caminho”.

“É um aumento exponencial, principalmente tratando-se de um momento de pandemia, a nível nacional está-se a fazer o contrário, e não podemos admitir que no Cais da Pesca da Praia haja esse aumento exponencial de custos, principalmente na entrada para ter acesso a compra de peixes nos armadores, para a primeira venda”, lamentou a deputada.

Segundo Ana Paula Moeda, existem outros problemas no Cais de Pesca, nomeadamente a nível de gestão e de relacionamento da equipa com os pescadores, as peixeiras e os armadores, tendo já os deputados agendado um encontro para quarta-feira, 12, com todos os interlocutores.

Novos projetos e instrumentos de gestão para Praia

Por outro lado, em relação a Cidade da Praia, afirmou que estão satisfeitos com o trabalho que tem sido feito, pelo que regozijam com o orçamento da autarquia já aprovado, acrescentando que este tem “todas as condições criadas” para se trabalhar “ainda melhor”.

“Temos portanto, os instrumentos económicos e jurídicos já prontos para serem desenvolvidos em prol da Cidade da Praia capital”, congratulou-se.

“O nosso presidente acabou neste momento de apresentar um conjunto de prioridades que são as bandeiras da câmara, nomeadamente o saneamento básico, a infra-estruturação e o pagamento de dívidas, o que leva a uma responsabilização das dívidas anteriores, que são imensas, mas que vão ser assumidas”, finalizou Ana Paula Moeda citada pela Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project