LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid no Brasil: Bolsonaro doente em isolamento, mas funcionários do Alvorada não 09 Julho 2020

Hoje (4ªfª, 8) os funcionários que trabalham com o presidente doente de Covid-19 — que confirmou ontem estar em isolamento — continuavam ao fim do dia sem qualquer indicação para se isolarem, o que contraria o protocolo da OMS e das principais autoridades da Saúde no Brasil.

Covid no Brasil: Bolsonaro doente em isolamento, mas funcionários  do  Alvorada não

O Palácio do Planalto informou hoje que não orientou o afastamento dos funcionários que estiveram em estreito contacto com o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo as fontes de referência, recomenda a OMS-Organização Mundial de Saúde que uma pessoa infetada pode começar a transmitir o vírus nos seis dias anteriores ao início do aparecimento dos sintomas. Bolsonaro disse que sentiu febre na segunda, 6, e sabe-se que antes disso trabalhou normalmente, fez reuniões e recebeu políticos e autoridades.

O presidente brasileiro sempre minimizou a seriedade da pandemia do coronavírus enquanto o número de casos subia até chegar aos atuais 1.713.160 casos de infeção e 67.964 óbitos (dados da OMS hoje).

Vetos

Na semana passada, vetou alguns artigos da nova lei sobre o uso obrigatório de máscaras de proteção. Entre esses artigos vetados estão os concernentes a lojas, igrejas e escolas.

Em março, de regresso dos Estados Unidos com alguns membros da sua comitiva a testar positivo, Bolsonaro decidiu fazer o exame. O primeiro teste deu inconclusivo e o caso teve repercussão internacional. O presidente tinha a recomendação para autoisolar-se até ao novo teste, daí a alguns dias.

Bolsonaro, contudo, desrespeitou a orientação. Começou por manter um encontro com centenas de manifestantes convocados para os protestos anti-Congresso no dia 15 de março. Nunca usou máscaras de proteção. Manteve a vida social e encontros públicos como de hábito.

O segundo teste teve um resultado negativo. Seguro da sua convicção — reforçada pelo médico Mandetta, então seu ministro da Saúde — de que "o vírus não [o] ataca porque [é] atleta", Jair Messias Bolsonaro expressou em várias ocasiões a sua falta de empatia com os que sofrem e ou morreram devido ao coronavírus ("Não sou coveiro", "O que é que eu posso fazer?", "Sou Messias, mas não faço milagres", disse em abril).

O que disse Mandetta em março sobre Bolsonaro rijo

O primeiro e até agora mais longevo ministro da Saúde da era Bolsonaro defendeu em março as opções do presidente.

"Um homem de 64 anos, rígido [sic!], que faz as suas caminhadas, já passou seu organismo por agressão, foi aquela facada mal explicada, que superou, que tem o sistema imunológico forte, tem que manter o cuidado por conta das outras pessoas. Se der positivo, o presidente vai ter que despachar daqui", do Palácio Alvorada.

Vírus não discrimina

O vírus não discrimina. Mas na hora do tratamento da doença, a diferença entre vida e morte (ou sobreviver sem sequelas e qualidade de vida) pode depender dos cuidados de Saúde que alguns podem escolher e outros não.

O Edil de Manaus que se destacou pelas mensagens desesperadas sobre a crise pandémica (Covid-19 no Brasil: Prefeito de Manaus chora em direto, pede ajuda internacional, 16.mai.020), que flagela o seu município no Estado da Amazónia, acabou por adoecer.

Por escolha própria, segundo informam os órgãos da comunicação social, o prefeito de Manaus decidiu procurar os serviços do Hospital privado Sírio Libanês, em São Paulo.

As críticas nas redes sociais são acerbas: "Na hora do ’vamos ver’, poderosos e políticos correm para o Sírio Libanês e similares. E o povo aguarda uma vaguinha dentro das ambulâncias ou jogado nos corredores dos hospitais lotados"; "Enquanto tivermos politípico [sic!] sendo tratado no sírio libanês nunca teremos uma saúde de excelência".

Fontes: UOL/ Correio de Manaus/Le Monde. Fotos (Globo): Na noite de quarta-feira, Bolsonaro em isolamento no Palácio Alvorada. (AP) Após mais uma visita a Trump, o presidente brasileiro teve de fazer dois testes depois de membros da comitiva adoecerem de Covid-19.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project