ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19 em Cabo Verde: Situação crítica com mais três mortes em Santiago e 415 novos infetados 14 Janeiro 2022

A pandemia de covid-19 continua, segundo observaodres atentos, em estado crítico em Cabo Verde. Nas últimas 24 horas, registou-se mais três mortes em Santiago e 415 novos casos positivos, revela hoje o Ministério da Saúde (MS).

Covid-19 em Cabo Verde: Situação crítica com mais três mortes em Santiago e 415 novos infetados

Em comunicado, aquele ministério precisa que os três óbitos foram registados em Santiago, sendo dois no concelho de Santa Cruz e o outro em Santa Catarina - há mais de uma semana que acontece entre uma e três mortes diariamente no país.

Segundo a mesma fonte, do total de 1.419 resultados recebidos no dia 13 de janeiro, somam-se 415 casos novos positivos. O maior número de infetados foi registado nos concelhos da Praia (160), São Vicente (123) e Santa Catarina de Santiago (21). Com a exceção feita à autarquia da Ribeira Grande de Santiago, registou-se novos casos nos restantes municípios do país (Ver mapa do boletim epidemiológico no rodapé desta peça).

Conforme os últimos dados, o ME contabilizou 1.089 doentes que recuperaram a saúde: Praia 678, Ribeira Grande de Santiago 2, São Domingos 2, Santa Catarina 33, São Salvador do Mundo 10, Tarrafal 1, São Miguel 5, Santa Cruz 14, São Lourenço dos Órgãos 10, São Filipe 20, Mosteiros 7, Santa Catarina de Fogo 5, Brava 3, Ribeira Grande de Santo Antão 38, Paul 8, Porto Novo 26, São Vicente 77, Sal 46, Ribeira Brava 45, Tarrafal de São Nicolau 19, Boa Vista 34 e Maio 6.

A fazer fé na mesma fonte, Cabo Verde passa a contabilizar 3.704 casos ativos, 49.679 casos recuperados, 369 óbitos ( 23 óbitos por outras causas e 9 transferidos), perfazendo um total de 53.784 casos positivos acumulados.

No sentido de mitigar as consequências da pandemia de COVID-19 em Cabo Verde, o governo apela às pessoas para que adiram à campanha de vacinação contra a COVID-19 que está a decorrer em todo o país, para que todos possam estar mais protegidos o mais rápido possível. «Reforçamos também o apelo para que as pessoas cumpram o distanciamento social, usem máscara e pratiquem a higiene das mãos e demais recomendações das autoridades sanitárias, para evitar a propagação da COVID-19», conclui o comunicado do MS que vimos citando.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project