ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid -19 chega ao Sal: Observadores alertam sobre perigo na propagação da doença 02 Junho 2020

Sal passa a ser a quarta ilha de Cabo Verde com Covid -19, com o registo de dois casos positivos, um dos quais que levou para São Vicente através da grávida evacuada para o Hospital Baptista de Sousa. Vozes críticas suspeitam que estes primeiros casos podem constituir a ponta do Iceberg, isto na perspetiva de que o vírus da doença esteja a circular, há já algum tempo, na ilha mais turística do arquipélago.

Covid -19 chega ao  Sal: Observadores alertam sobre perigo na propagação da doença

O novo caso foi detatado hoje na ilha. Já o outro, antes registado, relaciona - se com a grávida evacuada para o hospital central de Mindelo. Para observadores locais, esses dois casos podem apenas significar a ponta do iceberg, ou seja, um sinal de que o vírus causador do Covid -19 tem estado a circular, desde há muito, na ilha mais turística de Cabo Verde.

Sobre este particular, um empresário confidenciou a este jornal que, mais de uma semana antes da declaração do estado de emergência, um estrageiro, que residia no Sal, foi identificado, logo que chegou ao seu país europeu de origem, com Covid -19. Por isso, a nossa fonte admitiu duas hipóteses: ou ele apanhou o novo coronavírus ainda no Sal ou durante a sua viagem até ao aeroporto do destino.

Diante deste fato, o interlocutor deste jornal admitiu, tal como dizem outras pessoas, que o vírus causador de Covid -19 tem estado a circular na ilha, desde há já algum tempo.

Face a esses novos casos, o director Nacional da Saúde anunciou, hoje, em conferência de imprensa, que vão ser reforçadas as estruturas sanitárias do Sal com recursos humanos e meios materiais. Artur Correia informou que, além de enfermeiras, decidiu-se pelo envio de uma médica epidemiológica para a ilha. É que, segundo Correia, o Ministério da Saúde vai dar uma atenção especial ao Sal, face aos primeiros casos de Covid -19 ali respigados.

26 pessoas em quarentena e alerta contra doença

Entretanto, o Delgado local de Saúde anunciou que 26 pessoas ligadas à grávida transferida para S.Vicente, testada positivo para Covid-19, encontram-se já em quarentena obrigatória nos hotéis, devendo outras ficarem também em isolamento, na sequência da confirmação, hoje,01, de um segundo caso positivo na ilha.
Segundo a Inforpress, José Rui Moreira referiu que as pessoas que mantiveram contacto com esta outra senhora testada, esta segunda-feira, positiva para o novo coronavírus, vão ser recolhidas para os hotéis ainda hoje,01.

Rui lembrou que desde o início vinha acautelando que o vírus estava a circular, e que a qualquer momento poderiam surgir casos de Covid-19 no Sal, já que recebeu turistas de países fustigados pela doença. O médico insistiu que todo o cuidado é pouco, exortando as pessoas a não se relaxarem e a pôr em prática todas as medidas de prevenção, para evitar maior propagação do vírus na ilha do Aeroporto Internacional Amical Cabral.

“Temos uma população jovem, e tendo isso em conta, vinha chamando atenção das pessoas no sentido da prevenção para que não viéssemos a ter surpresas, porque o vírus podia estar alojado em alguma parte, podendo estar pessoas assintomáticas a circular”, disse conforme a Inforpress.

Com o registo de dois casos positivos no Sal, José Rui Moreira defende que neste momento não poderá explicar a presença do vírus na ilha, mas que tudo indica que são casos autóctones. “Isso quer dizer que o Sal tem vírus e que está a circular na ilha. Por isso, temos que ir à procura, e chegar a quem mais poderá estar infectado com o vírus de forma sintomática ou assintomática”, referiu, anotando que neste momento 26 pessoas estão em quarentena, incluindo profissionais da saúde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project