INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Trump anuncia ter 29 milhões de comprimidos de cloroquina, que Fauci "não defende" 07 Abril 2020

O dissenso mais recente evidenciou-se na habitual conferência de imprensa ontem (domingo, 5) durante a qual Trump defendeu o uso da cloroquina enquanto o epidemiologista Anthony Fauci reafirmou: "Em termos de ciência nós não podemos defender o uso".

Covid-19: Trump anuncia ter 29 milhões de comprimidos de cloroquina, que Fauci

As situações extremas por vezes levam a soluções extremas: a máxima impotência perante os números do surto de Covid-19 que crescem, de zero a 1, 31 milhão de casos e 72.557 óbitos, e em casa de 0 a mais de 348 mil e de 10.300, leva o presidente da maior potência a socorrer-se de uma velha receita.

Trump prega que a doença pode curar-se com a hidroxicloroquina, que é a designação norte-americana da cloroquina. Uma solução que não o é, advertem-no as autoridades em epidemiologia.

"Por favor não entrem em pânico e evitem a automedicação. A cloroquina é eficaz no combate ao paludismo, mas ainda não há provas de que tenha bons resultados na doença do coronavírus", anunciou na Índia na semana passada um porta-voz oficial, citado pelo Times of India de hoje (segunda-feira, 6).

Epidemiologista Anthony S. Fauci

"O vírus é que determina o seu timing. Podemos tentar atuar sobre ele combatendo o vírus", afirmou Fauci lamentando o "muito tempo perdido a negar a seriedade da situação".

O diretor do NIAID-Instituto Nacional das Alergias e Doenças Infecciosas não escondeu, em entrevista na CNN, no domingo, 29, que o país "corre o risco de vir a ter dentro de semanas entre 100 mil e 200 mil óbitos". Um número que, admitiu, "pode ser um alvo em movimento".

Mas ele também mostrou que a situação pode ser contornada com um plano simples: "Ação rápida nas áreas como Nova Iorque onde as taxas de infecção já são elevadas. Nas outras, incluindo as que têm muito poucos casos, fazer testagem, identificação, isolamento e quarentena radical para as pessoas infectadas".

O epidemiologista admitiu ainda que muito mais podia já ter sido feito : testes, equipamento de proteção e outros indispensáveis nas estruturas de Saúde.
....
Fontes: CNN/NYT/OMS/Worldometers /Outras referidas. Relacionado: Covid-19: EUA com 52.996 casos e 685 óbitos — Vítima mortal após tomar fármaco antipalúdico elogiado por Trump, 25.mar.020; Corrida a fármaco anti-malária acaba em grave envenenamento — Trump propagou mito de cura de Covid-19, 22.mar.020. Fotos: Comprimidos de cloroquina — fármaco que deixou de ser utilizado na cura da malária, mas continua a ser reservado para certos casos mais resistentes aos novos antipalúdicos — na fábrica em Nantong, China. Epidemiologista Anthony Fauci, do painel de consultores da Casa Branca, ao lado de Trump.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project