POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Líder da oposição visita São Vicente para auscultar sociedade civil e apresentar visão do seu partido para ilha 21 Outubro 2019

A líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), Janira Hopffer Almada, inicia, esta segunda-feira, prolongando-se até ao dia 23, uma vista de trabalho a S.Vicente. O objetivo é auscultar as forças vivas locais sobre os constrangimentos existentes e anseios da população e apresentar a nova visão do partido de Cabral para a ilha de Monte Cara, que, segundo os críticos, tem sido abandonada pelo Governo de Ulisses Correia Silva, que não vem cumprindo as promessas feitas durante a última campanha eleitoral.

Líder da oposição visita São Vicente para auscultar sociedade civil e apresentar visão do seu partido para ilha

Esta deslocação a Mindelo da líder da maior força política da oposição, vem na sequência do périplo que Janira Hopffer Almada vem fazendo pelo país - neste fim de semana esteve em contactos com munícipes, estruturas e membros do seu partido no Porto Novo de Santo Antão.

«A deslocação da líder do PAICV a S.Vicente tem por objectivo auscultar as forças vivas da ilha, dialogar com os militantes e apresentar a visão do Partido para os desafios gigantescos que se colocam ao país e à Ilha de São Vicente, em especial. Terá como ponto alto um Encontro com Militantes, Amigos e Simpatizantes do PAICV, e Sociedade, em geral, nesta Terça-Feira, 22, pelas 18 horas, no Centro Cultural do Mindelo», lê-se num comunicado remetido ao Asemanaonline.

Conforme o programa de trabalho, ainda durante a sua permanência na Ilha do Monte Cara Janira Hopffer Almada tem agendado, para o dia 21, encontros com a Delegação do ICCA e Centro Juvenil Nhô Djunga (14 horas) e no Centro de Formação Ti NêNê (16 horas).

Atendendo a sua função de fiscalizar a ativdade governativa enquanto oposição democrática, Janira Hopffer Almada deverá também partilhar com os vicentinos o fraco desempenho do atual governo sustentado pelo MpD, com destaque para o não cumprimento das promessas feitas, durante a última campanha eleitoral, para S.Vicente. «É que, já se passaram três anos e meio da governação, e apesar de se propalar que Cabo Verde está a crescer cinco vezes mais, na prática, o que se verifica é São Vicente que continua a enfrentar diversos constrangimentos, nomeadamente ao nível das conexões marítimas e áreas, ao acesso ao financiamento por parte da classe empresarial, a alta taxa de desemprego (16,2%, num Município em que 43,3% dos jovens estão no desemprego) e de pobreza, que ultrapassa os 26% da população».

O comunicado referido faz questão de alertar que a actual maioria continua a governar com uma grande inconsistência, «ao não assumir os compromissos e a optar por medidas avulsas e sem nenhuma transparência em setores estratégicos para o desenvolvimento da llha, razão pela qual o PAICV e os cabo-verdianos permanecem cépticos no tocante à materialização das inúmeras promessas de campanha».

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project