BREVES NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cidade da Praia: Detido quinto suspeito de assalto por militares na Cidadela e presumível autor de crime financeiro por levantamento de 600 contos em cheques falsos 03 Dezembro 2019

A Policia Judiciária acaba de deter, na Praia, um cidadaão que integra um grupo de cinco militares que, com recursos à mão armada e sequestro, assaltaram, em agosto deste ano, uma rsidência na Cidadela e roubaram 1.250 contos. A PJ também deteve, na Capital, um outro cidadão, acusado de levantar mais de 600 contos através de cheques falsos.

Cidade da Praia: Detido quinto suspeito de assalto por militares na Cidadela e  presumível  autor de crime financeiro por levantamento de 600 contos em cheques falsos

Referindo-se ao primeiro caso, a Polícia Judiciária informa que, através da Secção de Investigação de Crimes Patrimoniais (SICP) – Brigada de Combate ao Banditismo –, em cumprimento de um mandado do Ministério Público, deteve, esta segunda-feira, 02, fora de flagrante delito, um indivíduo do sexo masculino, de 22 anos, residente em Bela Vista, Cidade da Praia. Tudo por ser « suspeito de coautoria na prática de um crime de roubo com violência contra pessoas, um crime de sequestro e um crime de armas, ocorridos no passado dia 13 de Agosto, no bairro da Cidadela».

Conforme a PJ, o detido integrou um grupo de cinco indivíduos, todos militares, à data dos factos, que terão orquestrado um plano de assalto à uma residência no referido bairro, na qual a namorada, do ora detido, trabalhava como empregada doméstica. Éque esta , por saber onde eram guardados o dinheiro e outros bens da casa, terá colaborado com os suspeitos, na prática dos crimes.

Diz a PJ que os indivíduos em causa terão se apropriado do dinheiro, num valor de 1.260contos e outros bens que se encontravam dentro do cofre da residência. Munidos de armas de fogo de fabrico artesanal, “Boca Bedju” e branca, os detidos terão, ainda, ameaçado a proprietária da casa, a quem, ato contínuo, terão amarrado e sequestrado.

O detido será presente, no prazo legal, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação pessoal. Já os demais quatro suspeitos, por sua vez, se encontram todos em Prisão Preventiva na Cadeia Central da Praia, a aguardar julgamento.

Levantameto de cheques falsos

Entretanto, antes disto, a Polícia Judiciária, através do serviço de piquete, deteve, na sexta-feira, 29, em flagrante delito, na localidade de Chã de Areia, Praia, um indivíduo do sexo masculino, de 22 anos, residente no bairro da Várzea, quando este tentava fazer o levantamento de uma quantia no valor de 10 mil escudos, através de um cheque falso, em uma das agências bancárias existentes na localidade.

De realçar que, informações avançadas à PJ pelo Subgerente do banco em causa, dão conta de que não é a primeira vez que o referido indivíduo faz levantamento com recurso à cheques falsos, tendo tido sucesso em situações anteriores e provocando prejuízos em dezenas de contos a uma empresa de consultoria, com sede na Fazenda, Cidade da Praia.

Ainda segundo a PJ, na sequência de uma busca realizada à residência do suspeito, foram apreendidos outros dois cheques de dois bancos diferentes, cuja assinatura do emitente de um desses cheques se presume ser, igualmente, falsa.

"O detido, nas situações anteriores terá se apoderado de vários cheques da tal empresa de consultoria e, mediante a falsificação da assinatura e colocação do carimbo pertencente à mesma, conseguiu movimentar, em datas diferentes e utilizando sempre o mesmo modus operandi, várias somas de dinheiro, num total de valores que ascendem os 600 contos", conclui a fonte, em comunicado.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project