SERÁ NOTÍCIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cerca de 20 mulheres vão ser seleccionadas para formação de automobilistas 06 Setembro 2019

Cerca de 20 mulheres vão ser selecionadas para receber a formação de automobilistas e começarem a operar nos próximos meses na Cidade da Praia. Esta iniciativa surgiu de uma parceria entre o Instituto Cabo-verdiano para Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), a Escola de Condução “Prevenção Rodoviária” (ECPR) e o Ministério da Educação, Família e Inclusão Social. O ato da abertura da formação acontece esta quinta-feira, 05, nas instalações da ECPR, em Palmarejo e conta a presença da Presidente do ICIEG e da Coordenadora da Unidade de Coordenação da Carta de Política Integrada de Educação, Formação e Emprego.

Cerca de 20 mulheres vão ser seleccionadas para formação de automobilistas

Segundo uma nota enviada a este diário digital, depois de um curso intensivo, as mulheres selecionadas recebem a carteira de Aptidão Profissional (CAP), de forma a empoderá-las para inserção ativa no mercado de trabalho, como taxistas profissionais.

Preocupado com os setores de atividade que, na sua maioria, é ocupada por homens, o ICIEG continua a persistir na criação e promoção de iniciativas que dignificam o trabalho das mulheres, como sendo um desafio permanente para a igualdade de género. “Acredita-se que pode ser por algum tabu ainda existente, de que o sexo feminino é o ser mais frágil e que a profissão de taxista tem seja uma ocupação, exclusivamente masculina”.

A questão da igualdade de género tem vindo a ser abordada com crescente abrangência e visibilidade, por conseguinte, essa abordagem tem sido refletida nos sucessivos planos de ação de promoção de igualdade, o que permite identificar e estruturar um conjunto de áreas estratégicas de intervenção que abarcam vários aspetos ligados à saúde, educação, violência doméstica, representatividade política e ao empoderamento económico.

De salientar que a Constituição da República de Cabo Verde (CRCV) prevê a igualdade de mulheres e homens perante a lei e que o Estado deva criar condições para o combate e eliminação de fatores que impeçam o avanço económico das mulheres.

Celso Lobo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project