ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Carmen Liliana Furtado empossada como presidente de Alta Autoridade para a Imigração 04 Agosto 2020

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, investiu hoje Carmen Liliana Barros Furtado nas funções de presidente de Alta Autoridade para a Imigração (AAI), instituição criada para coordenar e implementar políticas e medidas no sector da imigração.

Carmen Liliana Furtado empossada como presidente de Alta Autoridade para a Imigração

A AAI, no quadro das suas actividades, tem o foco especial na instalação e monitoramento de um sistema integrado, a nível nacional, para o acolhimento e integração dos imigrantes em Cabo Verde.

Esta entidade, que vem responder às recomendações do II Plano de Acção da Imigração e Inclusão Social de Imigrantes, vai ter um papel “importante” numa melhor articulação a nível de vários sectores em ordem a responder às solicitações da população imigrante.

A presidente ora empossada prometeu implementar um sistema integrado a nível nacional para o atendimento dos que procuram Cabo Verde para viver, assim como a instalação de unidades locais para a imigração.

Comprometeu-se, ainda, harmonizar a legislação e os procedimentos , bem como a produção de regularização do acesso a serviços e direitos e o reforço da coordenação e articulação institucional e o reforço do conhecimento sobre a imigração no país.

A prevenção e o combate à discriminação e o reforço do movimento associativo do imigrante e suas relações com a sociedade são, entre outras promessas que a presidente da AAI definiu cumprir.

Por sua vez, o chefe do Governo disse que a AAI está em “boas mãos”, tendo e conta que a presidente foi directora-geral da Imigração que foi extinta para dar lugar a Alta Autoridade para a Imigração.

Para Ulisses Correia e Silva, a AAI vem reforçar os trabalhos até agora realizados no sector da imigração.

“Criámos esta instituição com o objectivo de reforçar a nossa acção governativa, integração e coordenação das políticas no domínio da imigração”, indicou Correia e Silva, para quem com a criação da referida entidade o Governo está a cumprir com um dos propósitos, que é a integração e “boa inclusão social” dos imigrantes em Cabo Verde. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project