EXPOSIÇÕES

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cabo Verde no Tecido Multicultural e Multifacetado de Lisboa 09 Julho 2021

O trabalho que foi capa da Time Out Lisboa, na edição Primavera 2021, é agora uma exposição de fotografia no Centro Cultural de Cabo Verde.

Cabo Verde no Tecido Multicultural e Multifacetado de Lisboa

Segundo uma nota remetida à nossa redacção, o trabalho de capa da primeira edição premium da Time Out Lisboa, que saiu em maio, saltou da revista para as paredes do Centro Cultural de Cabo Verde, numa exposição que dá vida aos roteiros traçados por Yolanda Tati, Dino D’Santiago, Lolo Arziki, Naky Gaglo e Ricardo Maneira. Este último, DJ e dono do bar A Viagem das Horas, é o protagonista da Lisboa Negra na próxima Time Out Lisboa, que passará a tratar este tema como rubrica fixa nas edições premium.

“São estes cinco protagonistas que dão a merecida visibilidade a negócios geridos por pessoas negras em Lisboa: restaurantes, lojas, galerias, cabeleireiros, barbeiros”.

“Há uma Lisboa a acontecer pelas mãos de pessoas negras que toda a gente devia conhecer. A referência à cor da pele não é por acaso: a cor não é nada, mas ainda é tudo. O racismo impôs-lhes um lugar à margem, impedindo-os de terem o destaque que merecem. É preciso não ter medo e assumir a realidade como ela é. Mas não há como negar: Lisboa é crioula. E chegou a altura de desvendar alguns dos seus tesouros, negócios locais feitos por gente que põe a sua comunidade (e a cidade) a mexer”, lê-se na nota.

A exposição, que se manterá no CCCV – Centro Cultural de Cabo Verde durante dois meses, até 03 de setembro, dividir-se-á por cinco núcleos, um para cada um dos protagonistas que serviram de guias à Time Out nesta “cidade invisível”. As visitas estão abertas de segunda a sexta, das 10h às 17h de Lisboa. A entrada é livre.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project