NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cidade da Praia acolhe peças teatrais apresentadas no Mindelact 11 Novembro 2019

A Embaixada de Portugal em Cabo Verde, através do Centro Cultural Português da Praia, do Camões Instituto da Cooperação e da Língua – I.P., exibiu, na noite de Domingo,10, a peça de teatro “Sítio”.

 Cidade da Praia acolhe  peças teatrais apresentadas no Mindelact

Segundo a Inforpress, o evento se realiza no âmbito da 25ª edição do Festival Internacional de Teatro do Mindelo (Mindelact) e é um espetáculo que descreve, sem palavras, sobre isolamento e vontade de viver numa aldeia do interior de Portugal.

“Sitio”, fala de um casal de idosos que vive numa aldeia no interior de Portugal e que recebe um postal a anunciar o nascimento do seu neto, no estrangeiro, a quem os avôs enviam uma prenda, mas no caminho até à estação de correios, o casal acaba por viver “uma série de pequenas e ternas aventuras”.

A peça é realizada pela Companhia da Chanca, criada na aldeia de Chanca, em Penela, distrito de Coimbra.

Próximas actuações

Para esta segunda-feira, 11, o CCP da Praia vai acolher, por volta das 21 horas, a peça “Todos os Sonhos do Mundo”. Uma obra em que o actor e dramaturgo barsileiro Ivam Cabral leva à cena o seu primeiro solo/recital, no qual mescla relatos sobre sua formação pessoal e artística, sua origem em Ribeirão Claro (pequena cidade da região norte do Paraná) e suas andanças pelo mundo com sua companhia Os Satyros.

“De poema a poema, de verso a verso, todos conhecem durante o espetáculo as amarguras, os dramas, as alegrias e desafios de Cabral, com os relatos de sua lembrança e também com a leitura de fragmentos de um livro de sua autoria” sita a sinopse da peça.

Já no dia 17 de Novembro o Centro Cultural Português da Praia vai receber o espetáculo denominado “O Notário” de Yuran Henrique, cartoonista do Expresso das Ilhas.

A peça é baseada na obra do Premio Nobel, José Saramago, “As intermitências da Morte”, e leva as pessoas a refletirem sobre o papel da morte nas nossas sociedades e como de ruins podemos chegar a ser, tentando tirar proveito até da circunstancia mais dolorosa, como a morte dum ser próximo, refere a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project