LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: Centro de Imigrantes do Brasil indigna-se com entrevista de Bolsonaro à Fox sobre 88% de indesejáveis na imigração: "Como se não bastasse Trump para dificultar-nos a vida nos EUA" 22 Mar�o 2019

"É muito frustrante que os imigrantes — 99% dos quais são pessoas de bem, que estão aqui há décadas com suas famílias, com crianças, que estudam e pagam seus impostos — sejam tratados como criminosos", diz a brasileira Natalícia Tracy, que aos 19 anos, em 1989, emigrou para os Estados Unidos.

Brasil: Centro de Imigrantes do Brasil indigna-se com entrevista de Bolsonaro à Fox sobre 88% de indesejáveis na imigração:

A declaração do presidente Jair Bolsonaro, durante a entrevista à Fox News na segunda-feira, 18, de que "a grande maioria dos imigrantes em potencial não tem boas intenções nem quer fazer bem ao povo americano" amplia o estigma sobre centenas de milhares de brasileiros que vivem nos EUA e enfrentam dificuldades crescentes, disse Natalícia Tracy, que dirige o Centro do Trabalhador Brasileiro, em Boston, em depoimento à BBC, horas depois, na terça-feira, 19.

Natalícia, dirigente de uma das principais associações de imigrantes brasileiros nos Estados Unidos, conta que chegou aos EUA em 1989, como empregada doméstica e ama, de uma família de brasileiros. Mas nem por isso deixou de sentir na pele as dificuldades do imigrante.

"Dormia no piso duro da varanda da casa porque não havia outro lugar". "Trabalhava dezassete horas por dia, sem direito a folga".

Tudo isto a terá motivado a anos depois ajudar a criar a associação que procura minorar as agruras dos que têm de deixar o Brasil natal em busca de melhores condições de vida nos Estados Unidos.

Ato falho, desculpa-se o presidente

Após o encontro com o presidente americano, Donald Trump, na terça-feira, Bolsonaro pediu desculpas pela declaração e disse ter cometido um "ato falho" na entrevista.

Como escrevemos aqui na terça-feira, sobre "a entrevista à Fox News, na véspera do encontro com o presidente dos Estados Unidos, em que Jair Bolsonaro apoiou a construção do muro para impedir a entrada de imigrantes ilegais via México"

Bolsonaro proferiu então as palavras: "Há emigrantes que não chegam aos EUA com boas intenções". Ante as críticas, no dia seguinte emendou a mão dizendo que "houve um equívoco".
— -
Fontes: BBC/site do Jornal dos Esportes dos EUA/Fox News/ Arquivo:

Foto: O Centro do Trabalhador Brasileiro, dirigido por Natalícia Tracy, a 3ª da esquerda, em blusa cor de laranja, ao entregar, em 30.8.2018, um cheque no valor de 9.742,56 dólares (eram 10 mil e 629dls, 1,03 milhão CVE, antes do desconto, de $886,44 do Pay Pal Giving Fund), que resulta da coleta feita online para ajudar a mãe brasileira W.R, que ficou presa com o filho de nove anos na imigração em Baytown, no Texas. No mês transato, o CTB tinha conseguido ajudar a libertar a brasileira e o filho, com apoio de ativistas americanos e advogados parceiros da entidade.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project