OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Boas festas com pobreza extrema e salários milionários para alguns 25 Dezembro 2018

Com os avultados recursos financeiros postos à disposição dos sucessivos Governos, caso tivessem sido geridos com seriedade e competência, neste momento Cabo Verde não teria ninguém a viver na pobreza extrema. Enquanto uns, fazendo pouco ou nada, auferem salários milionários, outros comem o pão que o diabo amassou.

Por: Alcindo Amado*

Boas festas com pobreza extrema e salários milionários para alguns

BOAS FESTAS
A todos os meus amigos de verdade, à aqueles que, infelizmente, optaram para ser meus inimigos, e ao povo de Cabo Verde em geral, desejo um NATAL FELIZ e um ANO NOVO portador de sucessos e felicidades para todos.

A minha maior esperança é que Cabo Verde venha ser, de facto, um país de todos e para todos. Não é fácil mas um dia vai ser. Espero que o Governo tome consciência da realidade nacional e opta por políticas adequadas e sérias. Ninguém é obrigado a dar aquilo que não tem.

Todavia, quem aceitar a responsabilidade de governar um país deve procurar melhorar os seus conhecimentos, e tentar fazer o melhor possível para bem do seu povo. Infelizmente, isto não está acontecendo com os nossos governantes que, teimosamente, continuam vivendo num país virtual. Somos poucos em Cabo Verde.

Com os avultados recursos financeiros postos à disposição dos sucessivos Governos, caso tivessem sido geridos com seriedade e competência, neste momento Cabo Verde não teria ninguém a viver na pobreza extrema. Enquanto uns, fazendo pouco ou nada, auferem salários milionários, outros comem o pão que o diabo amassou.

Não queremos continuar a ser um Estado Imoral. Queremos governantes competentes e honestos, queremos um povo trabalhador capaz de produzir aquilo que come e mais alguma coisa, queremos uma juventude responsável e com esperanças num futuro que tem de ser construído hoje, queremos ter crianças sob a responsabilidade dos pais e na escola, e não mendigando pelas ruas das nossas cidades. Esta é uma responsabilidade que deve ser partilhada por todos nós. Somos todos responsáveis pelos males sociais que temos hoje. Sejamos mais responsáveis, para que possamos ser mais exigentes.

BOAS FESTAS e um grande abraço de fraternidade a todos, de Santo Antão à Brava.

*Publicado na sua página de facebook

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project