INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

"Austrália exporta problemas para Nova Zelândia" — PM critica homólogo por retirar binacionalidade de terrorista 18 Fevereiro 2021

"A Austrália exporta os seus problemas para a Nova Zelândia. Nós não: se estivéssemos no vosso lugar, assumíamos as nossas responsabilidades", disse Ardern, hoje, sobre o caso mais recente que tem no centro uma binacional residente em Melbourne, a quem o governo da Austrália retirou a cidadania e sobre quem na segunda-feira, 15, a Turquia emitiu uum alerta de terrorismo referindo-se-lhe como "uma nacional neozelandesa". A primeira-ministra Jacinda Ardern lamenta o que classifica de "exportação de problemas", "abrogação de responsabilidade" da parte do primeiro-ministro. Morrison Scott replica que "acima de tudo, estão os interesses da Austrália e dos seus nacionais".

No centro do conflito esta terça-feira, 16, entre Morrison e Ardern (foto ao alto) está, segundo a ABC, uma cidadã binacional: Suhayra Aden, de 25 anos, detida na fronteira sírio-turca vinda de Idlib, Síria, com os dois filhos de dois e cinco anos.

Em 2019, SA duas vezes viúva — mãe de três filhos havidos de dois casamentos com nacionais da Suécia — regressou com duas das crianças (uma terceira morreu de pneumonia, na Síria).

O ano passado, como suspeita de terrorismo por ter em 2014 deixado a Austrália para seguir o Estado Islâmico na Síria — como noiva djihadista (foto à esquerda)—, SA perdeu a nacionalidade australiana. A decisão levou a chefe do governo neozelandês, como Ardern lembrou hoje, a questionar Scott Morrison. Todavia o seu homólogo do país vizinho tratou o assunto como não-prioritário, apontou.

Tweet turco indispôs Ardern

O Twitter do Ministério turco da Defesa desde segunda à noite comunica que "três nacionais da Nova Zelândia tentaram entrar ilegalmente pelo noroeste", vindos da Síria.

"A polícia de fronteira deteve-os em Reyhanli distrito de Hatay", "SA é suspeita de ser uma terrorista do Daesh", a designação dada na Turquia ao Estado Islâmico.

O tweet turco indispôs a primeira-ministra da Nova Zelândia tanto mais que a suspeita de terrorismo viajava com um passaporte... australiano.

"É nosso entendimento, numa perspetiva partillhada com os nossos concidadãos neozelandeses, que este caso devia ser tratado com a Austrália, onde ela vive, onde vivem os seus parentes e de onde ela embarcou para a Síria", diz Ardern que acusa o homólogo de atuar "à socapa, sem boa-fé e numa corrida" para ver quem "desnacionalizaria primeiro".

Jacinda Ardrn disse contudo que a Nova Zelândia vai oferecer apoio consular à detida e dois filhos.

Austrália tem mais de 60 cidadãos do Estado Islâmico na Síria

Mulheres e crianças australianas estão detidas na Síria desde a queda do Estado Islâmico em 2019. Três detidas binacionais perderam a nacionalidade australiana, segundo a lei aprovada para o efeito no parlamento australiano.

Em julho último, a australiano-turca Zehra Duman fugiu do campo de detenção Al Hawl e entrou na Turquia. Foi detida na fronteira e condenada a três anos de prisão pelo seu tempo no Estado Islâmico.

Terrorista australiano deportado da NZ em 2019

Em 15 de março de 2019, Brenton Tarrant reivindicou o atentado de Christchurch, contra centenas pessoas de fé muçulman. No vídeo em direto, identificou-se como "australiano, branco, de 28 anos".

O primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, confirmou que o autor do "mais bárbaro atentado da história neozelandesa" era "um terrorista da extrema-direita violento" Nova Zelândia: Mais de 40 mortos em atentado a mesquitas — Reivindicado por "australiano, de 28 anos" em vídeo antes e durante o tiroteio, 16.mar.019).

Fontes: BBC/Euronews/outras referidas. Fotos: Audiência da rainha Isabel, soberana da Austrália, ao primeiro-ministro Scott Morrison, em 02 de junho de 2019, dois meses após o atentado de 15 de março a duas mesquitas na Nova Zelândia, por um nacional australiano. A chefe de governo impôs o alerta máximo com forças de segurança a bloquear ruas em Christchurch.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project